Redes socias

Brasil Multi Vídeos

Brasil Multi Vídeos
O seu canal de entretenimento

RDS

segunda-feira, 18 de março de 2019

Valdemir Cintra integra equipe Rede Agreste de Rádios

   O radialista e blogueiro Valdemir Cintra, é o mais novo integrante da Rede Agreste de Rádios, que tem o comando do conceituado comunicador Alberes Xavier.

   Valdemir Cintra,  participará diariamente do Programa Cidade em Foco, de segunda a sexta , as 11h,  comentando os fatos e relatando os  principais acontecimentos na região Agreste Central de Pernambuco.

   O comunicador, ainda continua com o seu programa na Rádio Asas FM, 91.1, da cidade de Lajedo-PE, que é um grande sucesso no agreste meridional.


A Rede  Agreste de rádios, é composta pelas seguintes emissoras:

FAROL FM  - Taquaritinga do Norte (90.5 ) - Emissora Geradora;

FILADELFIA FM  - Pão de Açúcar (104.9);

NOVA GERAÇÃO FM  - Silva de Baixo- Taquaritinga - (104.9 );

CAMBUCÁ FM - Santa Maria do Cambucá (104.9);

SANTA CRUZ FM - Santa Cruz do Capibaribe (98.5).

quinta-feira, 14 de março de 2019

Água do Rio São Francisco afasta colapso do abastecimento na cidade de Tacaimbó

Foto: Aluisio Moreira
   A chegada das águas do Rio São Francisco em Tacaimbó, na região Agreste, tem um duplo significado para os moradores da cidade: mais água nas torneiras e o fim da ameaça do colapso no abastecimento. O Governo do Estado, por meio da Companhia Pernambucana de Saneamento - Compesa,  iniciou, nessa terça-feira (13/03), a distribuição de água em fase de testes para a cidade, a partir do sistema integrado Adutora do Agreste-Moxotó, que está antecipando o uso da água da Transposição do Rio São Francisco mesmo sem a finalização da obra do Ramal do Agreste - em execução pelo  governo federal.

   Tacaimbó é a sexta cidade beneficiada pelo novo sistema. Outros quatro  municípios ainda serão contempladas, alcançando uma população de 400 mil pessoas. Em Tacaimbó, os bairros do Centro e a Rua Velha são as primeiras localidades atendidas e a previsão é, dentro de 20 dias, abastecer todos os bairros da cidade com água da Transposição. Porém, a Compesa adianta que o calendário de distribuição não será alterado de imediato em virtude da situação dos dois mananciais que atendem a cidade, a Barragem do Bitury e a Barragem Tabocas-Piaca , ambas  localizadas na cidade de Belo Jardim.

   Desde o colapso da barragem do Bitury, há quatro meses, o Sistema Adutor Tabocas-Piaca  passou a responder integralmente pelo abastecimento de Tacaimbó. No entanto, a Barragem de Tabocas está em pré-colapso e não suportaria mais um mês de abastecimento se as chuvas não chegarem. “Em abril, a cidade entraria em colapso se não fosse as águas do Velho Chico.  O governador Paulo Câmara conseguiu agilizar os recursos para a obra e os técnicos da Compesa deram celeridade às ações para  garantir a segurança hídrica para Tacaimbó",  ressaltou o presidente da Compesa, Roberto Tavares. Ele adiantou que, com a expectativa de recuperação  dos dois mananciais neste inverno, a Compesa terá condições de melhorar o abastecimento da cidade, ofertando mais água para a população.

    O abastecimento de Tacaimbó com as águas do Rio São Francisco só foi possível graças a Adutora do Moxotó, um investimento R$ 85 milhões, que se integrou às tubulações já assentadas da Adutora do Agreste.  Apenas nesta semana, além de Tacaimbó, as cidades de Sanharó e São Bento do Una passaram a ser atendidas pelo sistema, ainda em fase de testes. Arcoverde, Pesqueira e Belo Jardim também já estão sendo abastecidas com águas da Transposição do Rio São Francisco. Alagoinha, Pedra, Venturosa e São Caetano são as próximas cidades a serem atendidas pelo Sistema da Adutora do Agreste-Moxotó.


Imprensa Compesa

Tony Gel e Zé Queiroz - Água e óleo

Do Blog do Magno Martins


   Não dizem que água e óleo não se misturam? Pois em Caruaru isso está prestes a acontecer com a eventual aliança entre os ex-prefeitos e deputados estaduais José Queiroz e Tony Gel. Os dois grupos políticos devem se juntar para tentar tirar a prefeitura de Raquel Lyra, em 2020. A provável chapa terá Queiroz na cabeça de chapa com Toninho Rodrigues, filho de Gel, na vice. Quem está doido pelo sucesso dessa candidatura é Manoel Jerônimo, suplente de Queiroz na Alepe.

Mulheres realizam ato em Caruaru contra a reforma da Previdência e em homenagem a Marielle

Liberdade.com.br


   Acontecem em várias cidades do País, nesta quinta-feira (14/03), atos em homenagem à vereadora Marielle Franco, assassinada há um ano, no Rio de Janeiro, e contra a reforma da Previdência Social. Os manifestantes cobram por justiça.

   Em Caruaru, no agrestre, foi realizada uma passeada das mulheres trabalhadoras rurais, que teve concentração na Avenida Rui Barbosa e seguiu até o Marco Zero, promovida por várias entidades. Para as manifestantes, a reforma vai afetar diretamente e de forma violenta a vida das mulheres.

quarta-feira, 13 de março de 2019

Falta de chuva altera calendário de abastecimento de cidades atendidas pelo Sistema Jucazinho

Imprensa Compesa


   A falta de chuvas na região de influência da Barragem de Jucazinho, localizada no município de Surubim, no agreste, em afetando o volume do manancial, que está hoje com apenas  2,78% da sua capacidade, o que corresponde a um pouco mais de 9 milhões de metros cúbicos de água - do total de 327 milhões de metros cúbicos. Com o baixo nível de água no reservatório e na tentativa de preservar o atendimento de onze cidades do Agreste pernambucano, até o período de inverno, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) precisou alterar o calendário de abastecimento para a população desses municípios.

   Os técnicos da Compesa estão monitorando o volume da Barragem de Jucazinho e realizando  cálculos  para retirada do volume de água com o objetivo de  não deixar as cidades sem atendimento pela rede de distribuição. O novo calendário  de abastecimento já está em vigor. Os  municípios de Passira, Cumaru e Riacho das Almas passaram a ter um regime de distribuição  de oito dias com água e 22 dias sem. Já nas cidades de Surubim, Casinhas, Salgadinho, Santa Maria do Cambucá, Frei Miguelinho, Vertentes, Vertente do Lério e Toritama o rodízio de abastecimento agora é de 11 dias com água e 19 dias sem o abastecimento. “A severa estiagem provocou uma queda acentuada do volume do manancial, que já não tem água suficiente para atender simultaneamente os onze municípios. Por isso, fomos obrigados a ampliar o rodízio”, explica o gerente de Unidade de Negócios da Compesa, Bruno Adelino.

   A expectativa, com esse novo calendário, é garantir o abastecimento de água até o período de chuvas na  região Agreste, que ocorre entre os meses de abril e julho. O oitavo ano consecutivo de seca afetou drasticamente a Barragem de Jucazinho, o maior reservatório de abastecimento humano do interior do Estado e responsável pelo atendimento de 240 mil pessoas nessas 11 cidades. Nos últimos oito anos, Jucazinho entrou em colapso uma vez - em setembro de 2016 - e vem apresentado baixos índices de acumulação, tendo em vista que as chuvas registradas na região não foram suficientes para recuperar o manancial. “O maior índice de acumulação alcançado pela Barragem de Jucazinho, nesse período de seca prolongada, foi de 8% da sua capacidade total, chegando a reservar 16,3 milhões de metros cúbicos de água”, relembra o gerente da Compesa, Bruno Adelino. A última vez que a barragem verteu foi em maio de 2011.

Projeto “A Hora do Conto” celebra o Dia Mundial da Água

   Em comemoração ao Dia Mundial da Água, o projeto “A Hora do Conto”, do Sesc Caruaru, preparou uma programação especial neste mês. As atividades, que vão contar com contação de histórias, exposição de livros e oficina, podem ser aproveitadas por crianças de 5 a 10 anos. Todas as ações são gratuitas e acontecem na Biblioteca Álvaro Lins, que fica na Rua Rui Limeira Rosal, s/n, no Bairro Petrópolis.

   Ao longo deste mês, sempre das 15h às 16h, a biblioteca está com uma exposição de livros e painel informativo. Nos dias 15 e 22 de março, haverá contação de história e oficina de reciclagem. Durante os encontros, serão abordados temas como a importância da água, a sustentabilidade e a necessidade da preservação deste bem natural.  

   Dados da Organização das Nações Unidas apontam que a Terra é constituída de cerca de 70% de água, porém apenas 0,7 de toda a água do planeta é adequada para o consumo humano. “Os longos períodos de estiagem e o constante cenário de altas temperaturas, principalmente no Nordeste, nos estimulam a passar para as gerações mais novas, por meio do conhecimento e da leitura, a importância do consumo consciente”, afirma o bibliotecário do Sesc Caruaru, Mário Fernandes.

Dia da Água - O dia 22 de março foi a data escolhida pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) para celebração do Dia Mundial da Água. O objetivo é alertar a população sobre a importância da preservação deste bem natural para a sobrevivência de todos os ecossistemas do planeta.


Dupla Comunicação

Programação do Viva Dominguinhos 2019 é divulgada em Garanhuns

G1 Caruaru e Região


Foto: Divulgação
   Foi divulgada na manhã desta quarta-feira (13/03) a programação do Viva Dominguinhos 2019 em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. Elba Ramalho, Jorge de Altinho, Alceu Valença e Flavio José estão entre as atrações.

   O evento vai acontecer entre os dias 25 e 27 de abril. Toda a programação é gratuita e aberta ao público.


Confira a programação:

Palco Viva Dominguinhos (Praça Mestre Dominguinhos)

25/04 - Quinta-feira

Mourinha do Forró;
Targino Gondim;
Cezzinha;
Jorge de Altinho.

26/04 - Sexta-feira

Nando Azevêdo;
Mestrinho;
Dorgival Dantas;
Elba Ramalho.

27/04 - Sábado

Cristina Amaral;
Alcymar Monteiro;
Alceu Valença;
Flávio José.

Palco Canta Dominguinhos

26/04 - sexta-feira

Roda de Sanfona;
Valéria Santos; 
Projeto Seu Domingu’s;
Banda Quero Xote;
Mateus Cordeiro;
Amanda Back;
Ivan Maceió;
Forró do Xeeh

27/03 - Sábado

Roda de Sanfona;
Caminhada do Forró;
Morena Forrozeira;
Pisa na Fulô;
Andréa Amorim;
Forró do Matuto;
Bebeto Oliveira e Esquenta Coração;
Forró Pesado de Garanhuns.

Projetos Durante o Evento

Caminhada do Forró;
Desmistificando a Sanfona;
Dominguinhos em Quadros,

Elba Ramalho será homenageada no projeto “Acervo Cultural”, do Shopping Difusora

Robson Meriéverton – Assessoria de Imprensa do Shopping Difusora


Elba Ramalho
Foto:Daniel Ebendinger
   O Shopping Difusora dá sequência ao projeto Acervo Cultural, que está prestando homenagem a grandes nomes da música brasileira. E como o mês é inteiramente dedicado à mulher, nada melhor do que reverenciar uma mulher de fibra e de grande representatividade na música, sobretudo nordestina: Elba Ramalho. O show será da cantora Lady Falcão e acontecerá na quinta-feira (14/03), a partir das 18h.

   Lady Falcão, que já fez parte das bandas Romã com Mel, Cheiro de Mel e Só pra Te Querer, consolidou-se como vocalista da banda de forró romântico Capim com Mel. Para a homenagem a Elba Ramalho, Lady promete trazer um repertório variado, sobretudo com os grandes sucessos interpretados pela paraibana, entre: “Frevo Mulher”, “Bate Coração” e “Forró Xenhenhém”.

   A apresentação será na Praça de Alimentação do segundo piso, a partir das 18h. Vale lembrar que a apresentação será gratuita. “Essa é uma oportunidade que o público tem para marcar aquele encontro com os amigos, no fim do expediente. Além de aproveitar as diversas opções gastronômicas, ainda vai dispor de boa música”, diz o gerente de Marketing do Shopping Difusora Welter Duarte.


Elba Ramalho

   Elba Ramalho nasceu na zona rural de Conceição, mais conhecida como Conceição do Vale do Piancó, na Paraíba.  Filha de músico, despertou o interesse pelo ritmo e acordes ainda na adolescência. Sua primeira experiência musical veio no ano de 1968, tocando bateria no conjunto feminino "As Brasas". Posteriormente, o grupo se transformou de musical para teatral.

   Elba continuou a cantar e a participar de festivais pelo Nordeste. Em 1979, lançou seu primeiro álbum, "Ave de Prata", e desde então consolidou-se como uma das principais cantoras brasileiras em atividade. Em mais de 35 anos de carreira, Elba Ramalho vendeu mais de 10 milhões de discos. Quanto às premiações recebidas ao longo da carreira, Elba já faturou dois Grammys nos anos de 2008 e 2009.

terça-feira, 12 de março de 2019

Iniciada obra de esgotamento sanitário na praia de Ponta de Pedras e Centro de Goiana, na RMR


Imprensa Compesa


   Goiana, cidade que passou a integrar a Região Metropolitana do Recife ano passado, e reúne importantes polos industrial automotivo, farmacoquímico e canavieiro de Pernambuco, além de balneários bastante procurados no Litoral Norte, ganhará serviços de coleta e tratamento de esgoto. O Governo do Estado por meio da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) iniciou as obras para implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário no município, que contemplam, nesse primeiro momento, o Distrito de Ponta de Pedras e o Centro de Goiana - que guarda um conjunto arquitetônico tombado como Patrimônio Histórico Nacional. A obra receberá um investimento que ultrapassa R$ 83 milhões e beneficiará 42 mil pessoas, possibilitando alcançar uma cobertura de esgotamento sanitário de 62% do município.

   Um sistema será construído no distrito de Ponta de Pedras e outro na sede municipal, com previsão de conclusão em março de 2020 e março de 2022, respectivamente. A obra prevê a implantação de 70 quilômetros de rede coletora, cinco estações elevatórias (bombeamento) e duas Estações de Tratamento de Esgoto (ETE), sendo uma localizada no Setor Morada do Sol, em Goiana Centro, às margens da BR-101, e outra no Loteamento Enseada, em Ponta de Pedras. Também serão instaladas cerca de 10 mil ligações intradomiciliares. “Até o final do Programa Cidade Saneada haverá um segundo momento de implantação de esgotamento sanitário no restante do município. Trata-se uma obra transformadora e de grande impacto social, que levará mais qualidade de vida e saúde para a população que, além de contribuir para a preservação do meio ambiente”, informa o presidente da Compesa, Roberto Tavares, acrescentando que os recursos destinados para implantar o sistema em Goiana são provenientes do parceiro privado.

   A obra está com quatro frentes de trabalho paralelas, duas delas atuando no Centro da cidade, na Travessa Manoel Carlos de Mendonça e no Loteamento Guedes 2, e duas no Loteamento Gulandim, em Ponta de Pedras. Os trabalhos envolvem serviços de escavação de solo para o assentamento de rede, e também intensa movimentação de máquinas, além de cerca de 200 trabalhadores. Equipes de Responsabilidade Socioambiental prestarão os esclarecimentos necessários à população, permanecendo disponíveis por meio de um Plantão Social. Para diminuir os impactos das obras nas grandes vias federais e estaduais, como trechos da BR-101 norte e PE-062, será utilizada a tecnologia do Método Não Destrutivo (MND), que consiste na perfuração do solo por uma máquina perfuratriz, que não destrói pavimento e implanta a rede sob as vias, sem a necessidade de abertura de valas.




Centro Histórico

   Por se tratar de uma obra executada dentro do perímetro de um sítio histórico, os serviços no Centro de Goiana são realizados com o acompanhamento integral de uma equipe de arqueólogos e técnicos, para observar toda a ação de revolvimento, remoção ou transporte de solo e também registrar qualquer ocorrência de interesse arqueológico que possa surgir, assegurando a proteção do patrimônio. Além disso, estudos arqueológicos foram realizados antes de se iniciar a obra, conforme preveem os dispositivos legais do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) que normatizam essas atividades. Todo esse cuidado é importante, tendo em vista que o Centro Histórico de Goiana apresenta potencial para descobertas de vestígios arqueológicos - essa região foi ocupada desde o século XVI por diferentes grupos étnicos, com práticas e saberes que se modificaram ao longo dos anos. Até o momento, ainda não foi identificado material arqueológico no local.

   O trabalho de acompanhamento arqueológico ainda inclui atividades de educação patrimonial junto à população diretamente impactada com a obra. A proposta é realizar palestras para alunos e professores de escolas públicas do Centro de Goiana

27ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana gera mais de 16 milhões de reais e expositores reservam vaga na próxima edição

40% dos expositores já garantiram a participação de suas marcas na 28ª edição que será realizada nos dias 31 de julho, 01 e 02 de agosto



   Em três dias de evento, a 27ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana (RNMP) gerou um montante de mais de 16 milhões de reais em negócios. O resultado foi divulgado pela Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic) que investiu na renovação dos lojistas trazidos de todos os estados do país para o evento e registrou um aumento de 20% no número de empresas compradoras. Os segmentos de moda masculina, jeans adulto e infantil bebê foram destaque nas vendas para os varejistas que fizeram mais de três mil pedidos e adquiriram mais de 1,5 milhão de peças de fornecedores de Pernambuco, Paraíba, Goiás, Ceará e Santa Catarina.

   Com espaços de exposição customizados, o evento contempla toda a cadeia da moda e impulsiona a competitividade das empresas, especialmente, as de menor porte. “Somos da Vista Oceânica, empresa de Brejo da Madre de Deus, esta foi nossa terceira participação no evento. Nas duas últimas rodadas, nosso estande fez parte do Pernambuco que Cresce e o resultado foi tão satisfatório que, nesta edição, investimos em um espaço maior e as nossas vendas superaram as expectativas”, afirmou o empresário Jackson Costa.

   O Inove Tex, espaço destinado aos fornecedores da cadeia têxtil, consolidou-se na programação do evento. Criado na última edição, a ala ofereceu ao público interno e externo novidades em fios, tecidos, aviamentos, tecnologia e soluções financeiras. “A Evoluz, especializada no uso de energias renováveis, trouxe para as empresas a possibilidade de substituir a energia elétrica por uma fonte de energia limpa, o que impulsiona a competitividade e otimiza os custos da produção”, explicou o empresário Paulo Correa Filho.

   Para os compradores, os negócios firmados na região garantem o abastecimento das vitrines das lojas o ano inteiro com produtos de qualidade com valores acessíveis como relata Giovana Oliveira. “Viemos de Santa Catarina, onde temos um polo muito grande de moda, mas o que nos atraiu para a região foi o jeans que é um segmento muito forte no Agreste pernambucano. Aqui, encontramos peças de boa qualidade com preços justos. Eu não imaginava que fosse uma feira tão grande e com produtos tão diferenciados, estamos muito satisfeitos. Fizemos um bom negócio e acredito que vamos retornar em todas as edições”.

   A Rodada de Negócios da Moda Pernambucana também é um diferencial na conquista de novos mercados para as empresas de maior porte que expõem no espaço tradicional. “Esta é nossa segunda participação no evento. A edição anterior nos surpreendeu e conseguimos fechar negócios com grandes clientes. A edição anterior se tornou uma vitrine para o nosso negócio e conseguimos atingir regiões que não tínhamos alcançado antes da RNMP”, disse Hemerson Silva da empresa Peteca Baby.

    A próxima edição já tem data definida e acontecerá nos dias 31 de julho, 01 e 02 de agosto. A grande novidade da 28ª RNMP será a participação de 10 novas empresas que foram selecionadas pelo Caruaru Moda Mundo, programa de qualificação e capacitação para negócios de confecção de Caruaru, que é desenvolvido pela Prefeitura de Caruaru em parceria com a Acic. Após participarem gratuitamente de um ciclo de mentorias, as marcas irão expor em uma ala exclusiva do evento.

   “A Acic faz questão de apresentar, a cada edição, uma novidade. Na 27ª, tivemos o aumento do número de compradores e na próxima teremos a participação das empresas selecionadas pelo programa Caruaru Moda Mundo, em parceria com a Prefeitura de Caruaru. A Rodada de Negócios da Moda Pernambucana consegue fazer a ponte entre quem produz vestuário, calçados e acessórios e o comprador dos mais diferentes pontos do Brasil, gerando valor para a cadeia da moda, especialmente, para o Polo de Confecções do Agreste”, enfatizou o presidente da Acic, Luverson Ferreira.


Fernanda Carvalho (Oficina Comunicação)