Aplicativo Atende em Casa é ampliado para Belo Jardim


A ferramenta já beneficia 172 cidades pernambucanas (Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR)
O aplicativo Atende em Casa, que repassa recomendações para usuários que estejam apresentando sintomas gripais, agora também pode serusado pela população de Belo Jardim, no Agreste pernambucano. Ao todo, a ferramenta, parceria entre o Governo de Pernambuco e a Prefeitura do Recife, já beneficia 172 cidades (92,97% dos municípios de PE), totalizando um público assistido de 9.273.922 pessoas (97,04% da população de PE). A lista completa dos municípios está disponível neste link.

O Atende em Casa já conta com mais de 84,1 mil usuários cadastrados. Ao todo, entre os usuários que passaram por teleorientação com profissional, mais de 9,6 mil pessoas foram orientadas a procurar uma unidade de saúde e mais de 14,9 mil a permanecer em isolamento domiciliar. O aplicativo, disponível pelo site www.atendeemcasa.pe.gov.br e para smartphones com sistema Android, permite que médicos, enfermeiros ou residentes médicos façam videochamadas e orientações aos usuários.

Mais de 100 profissionais de saúde foram treinados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), responsável por coordenar os atendimentos fora do Recife, para atuação no Atende em Casa, reforçando as escalas de plantão. Os profissionais recebem orientações quanto ao uso do aplicativo, protocolos clínicos da Covid-19 e fluxo de atendimento nas unidades de saúde.

A ferramenta também passou a auxiliar os municípios pernambucanos no agendamento das testagens para a Covid-19 para o público prioritário para o exame. O objetivo é facilitar o acesso e apoiar os gestores municipais que desejarem aderir a essa funcionalidade. Os agendamentos serão realizados de acordo com a sintomatologia do usuário.

Os municípios disponibilizam a agenda de suas unidades de saúde e o paciente é referenciado para o serviço mais próximo de sua casa, de acordo com o exame preconizado para o caso, que pode ser o RT- PCR, indicado para o início dos sintomas, ou o teste rápido. Mais de 35 cidades já confirmaram a marcação do exame por meio do Atende em Casa. Os municípios que não aderirem ou que ainda não estão com essa funcionalidade ativa podem realizar os testes utilizando seus próprios fluxos.

Fonte: Site Diário de Pernambuco
Tecnologia do Blogger.