Redes socias

Brasil Multi Vídeos

Brasil Multi Vídeos
O seu canal de entretenimento

RDS

História



    A povoação de Tacaimbó teve início com a vinda do Senhor Luiz Alves Maciel, natural de Água Preta, que se instalou em uma fazenda. Mais tarde com a criação de gado, onde havia vários currais, passou o lugarejo a denominar-se de CURRALINHO.
   Pouco tempo depois, o Senhor Luiz Alves Maciel construiu uma casa no local onde hoje é a Avenida Luiz Alves Maciel, também conhecida como Rua Velha, construindo-se, em seguida, várias casas comerciais, começando então, a se desenvolver o povoado.
   Alguns anos depois, foi construída a estrada de ferro da antiga Great-Western (hoje Rede Ferroviária S/A), cuja inauguração se verificou em, 25 de dezembro de 1896, tendo o povoado recebido o nome de Antônio Olinto, em homenagem ao engenheiro mineiro, que construi a estação. A população passou então, a se concentrar mais à margem esquerda do Rio Ipojuca, onde se localiza a estrada de ferro.
   Com crescimento da população, sentiu-se a necessidade da construção de um templo católico, pois a missa era celebrada em uma palhoça. Tendo sido doado o patrimônio a Santo Antônio, pela Senhora Ana Freire da Cruz, foi erguida uma capela, em 1906, subordinada à Paróquia de Belo Jardim, também ao lado esquerdo do mencionado rio, onde é hoje, a sede do município. Posteriormente, a capela passou a pertencer à Paróquia de São Caetano.
   No ano de 1950, o senhor João Clemente da Silva, sentindo a necessidade de um templo maior para a população, que já era então vultosa e através de um gesto generoso, reconstruiu e ampliou a capela, onde hoje é a Igreja Matriz, consagrada a Santo Antônio. Assim, o primeiro nome deste município foi Antônio Olinto, passando depois, para TACAIMBÓ. Esta mudança se deve ao fato já existir no Estado de Minas Gerais, outro município com este mesmo nome. O nome TACAIMBÓ é de origem indígena, tendo existido uma tribo com este nome, na Fazenda Itacaité, passando este nome, a vigorar no ano de 1945. A criação desta denominação deve-se ao historiador Mário Melo.





3 comentários:

  1. Ja Morrei Nesse Lugarzinho Abençoado ...

    ResponderExcluir
  2. Prefeita Sandra tem mostrado seu trabalho! Vamos lá Sandra, Tacaimbó parecida de seu suor e trabalho, mostre acima de tudo a garra da mulher nordestina!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita... 4 anos se passaram e Tacaimbó mais atrasada que nunca, outubro/2016 hospital com as quatro ambulâncias quebradas, não tem enfermeiros plantonistas, funcionários com salários atrasados, escolas faltando merenda e transporte para os alunos da zona rural. "VIVA A SANDRA ARAGÃO"

      Essa gestão deve ser muito boa, mas pra quem tem imóveis, carros e máquinas alugados a prefeitura, ou então pra quem babou muito pra ter algum cargo comissionado, cargo de chefia.

      Excluir