Lula pede para Cunha segurar impeachment





   O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria pedido ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para segurar os pedidos de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. A informação é do site do Estadão (aqui). Lula, que se reuniu com Cunha ontem, sexta-feira (18/09), teria ponderado que se os processos avançarem na Câmara será muito difícil conter a pressão das ruas. Segundo o jornal, para Lula, a situação de Dilma é "gravíssima" e o governo precisa do apoio do PMDB para que a presidente consiga aprovar o pacote fiscal e concluir o mandato.

   O presidente da Câmara recebeu na quinta-feira (17/09) o complemento ao principal pedido de impeachment. O documento foi protocolado por uma filha de Hélio Bicudo e pelo jurista Miguel Reale Júnior. A ação conta com o apoio dos principais partidos de oposição ao governo Dilma, como PSDB e DEM. Na ação, Dilma é acusada de ter cometido crime de responsabilidade, além de citar casos de corrupção na Petrobras e a ocorrência de manobras fiscais.

   Na quinta, Cunha afirmou que só decidirá sobre o pedido de impeachment após resolver questão de ordem apresentada pela oposição a respeito do assunto. “Eu primeiro vou decidir a questão de ordem que foi formulada porque ela pode ter impacto em qualquer decisão ou processo subsequente. Depois que eu decidir a questão de ordem, que será pública, eu vou anunciar em plenário, mas ainda não tenho condições de decidir. Na verdade, eu mesmo nem a li. Eu pedi que a minha assessoria fizesse um parecer sobre ela e só vou ler com o parecer formatado”, disse Cunha.



Fonte: Blog do Magno Martins


Tecnologia do Blogger.