Redes socias

Brasil Multi Vídeos

Brasil Multi Vídeos
O seu canal de entretenimento

RDS

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Programas Terra Pronta e de Distribuição de Sementes beneficiam agricultores do Araripe e Sertão Central



     As regiões do Araripe e Sertão Central foram contempladas ontem, quarta-feira (27/01), com o lançamento da edição 2016 dos programas Terra Pronta e de Distribuição de Sementes, do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária. Os lançamentos foram feitos respectivamente nos municípios de Araripina e Salgueiro, pelo secretário Nilton Mota e o presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Gabriel Maciel.

   Com investimentos de R$ 1,7 milhão, aproximadamente 17 mil agricultores familiares serão beneficiados com os programas nas duas regiões de desenvolvimento. No Araripe, está prevista a distribuição de 170 toneladas de sementes das culturas de sequeiro (feijão, milho e sorgo), em Araripina, Bodocó, Exu, Granito, Ipubi, Moreilândia, Ouricuri, Santa Cruz, Santa Filomena e Trindade. Um total de 1.436 hectares de terra serão arados nestes municípios.
 


   Em Araripina, Antônio José, da Vila Serrânea, e Selma, da Serra da Rancharia, receberam sementes num ato simbólico, representando os demais agricultores. Já no Sertão Central, a expectativa é que 68 toneladas de sementes sejam distribuídas em Cedro, Mirandiba, Parnamirim, Salgueiro, São José do Belmonte, Serrita, Terra Nova e Verdejante. Um total de 739 hectares de terra serão arados nestes municípios.

   O secretário Nilton Mota ressaltou a importância dos dois programas, fundamentais para ampliar e qualificar a produção dos agricultores familiares do Estado. “O governador Paulo Câmara fez questão de dar continuidade aos programas Terra Pronta e de Distribuição de Sementes, que tiveram início na gestão de Eduardo Campos, para que possamos fortalecer cada vez mais nossa agricultura. Este ano, antecipamos a execução das ações, com o início do período chuvoso neste mês de janeiro”, comentou Nilton Mota. Também estiveram presentes aos eventos produtores, gestores e lideranças municipais.







Cecília Araújo

Gerência de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Bloco “Mulher de Todos os Dias” desfila pelo nono ano consecutivo nas ruas de Caruaru


Enviado por: Jornalismo Oficina Comunicação





   O bloco carnavalesco “Mulher de Todos os Dias” sairá às ruas de Caruaru neste sábado (30/01), a partir das 12h. A concentração da tradicional prévia será na Rua dos Expedicionários, no Centro da cidade, em frente ao Bar do Amaro. A agremiação convida foliões e folionas para entrarem no ritmo da festa de Momo fantasiados para se divertirem ao som do frevo.

   Fundado por Laura Gomes, atual secretária-executiva de Direitos Humanos do Governo de Pernambuco, o bloco celebra as mulheres que lutam diariamente pelos seus direitos. Tendo a pauta feminista como bandeira de luta desde o início da trajetória política, a ex-deputada promove o bloco há nove anos. O desfile também é um incentivo à cultura dos carnavais de rua da cidade.

   Como ocorre em cada edição, o “Mulher de Todos os Dias” faz homenagem a caruaruenses. Nesta edição, serão homenageados o maestro Bitonho, regente das orquestras de violinos e sinfônica de Caruaru, Severina Pereira, figura presente em todas as prévias realizadas, e a secretária da Mulher e Direitos Humanos de Caruaru, Katherine Lages, pelo trabalho desenvolvido no enfrentamento à violência de gênero e pelo empoderamento das mulheres.

   Um dos organizadores, Jó Pereira, comenta sobre o percurso: "ao meio dia, começa uma orquestra de frevo, e, às 15h, faremos um desfile até a Rua João Condé, onde iremos nos juntar à prévia de Sucata", explica.

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Grupo InBetta anuncia investimento em Pernambuco






   Um Protocolo de Intenções que prevê a ampliação das operações industriais e logísticas do Grupo InBetta em Pernambuco, foi assinado, hoje, terça-feira (26/01), pelo governador Paulo Câmara e representantes da empresa. O documento oficializa a implantação de uma nova unidade operacional em uma área de 20 hectares situada na PE-22, no município de Paulista, Região Metropolitana do Recife. Com investimentos de R$ 100 milhões e expectativa de geração de 300 empregos diretos, a fábrica deve entrar em operação no final de 2017, produzindo um mix de itens manufaturados pelas seis empresas que compõem o grupo: produtos e utensílios de limpeza, de uso doméstico e profissional, além de materiais de construção.

   “É muito importante, no momento de crise que o Brasil vive, com desemprego, inflação e recessão, a gente continuar dando boas notícias aqui em Pernambuco. Esse investimento vai gerar empregos em Paulista e na Região Metropolitana, uma região que foi muito afetada em 2015 pela queda no número de vagas de trabalho”, comemorou o governador Paulo Câmara, agradecendo a confiança dos investidores em Pernambuco. O Grupo InBetta, instalado em Pernambuco há pouco mais de 15 anos, ergueu em 2000 um Centro de Distribuição e, em 2008, uma fábrica, ambos no município de Jaboatão dos Guararapes.

   Durante a solenidade, no Palácio do Campo das Princesas, o chefe do Executivo estadual também garantiu que o Estado continuará dando todas as condições para que a InBetta continue ampliando sua atuação no Estado. "Vamos dar as respostas necessárias, que envolvem o poder público, com mais infraestrutura e qualificação profissional para as pessoas que vão trabalhar nesse empreendimento. Com uma política responsável de atração de investimentos, cumprindo com regras claras todo o papel e dever do Estado, buscando fazer com que Pernambuco continue se desenvolvendo, gerando muito emprego e renda, melhorando a vida do nosso povo", ressaltou Paulo Câmara.

   O diretor financeiro Alexandre Tulini explicou que o objetivo é ampliar os negócios da InBetta no Nordeste, a partir de Pernambuco. A região ocupa a segunda posição em vendas do grupo. “O Nordeste é um mercado muito volumoso em termos de população, e Pernambuco fica geograficamente centralizado. Logisticamente, é o melhor ponto para atender todo o Nordeste. Além disso, desde a primeira negociação, toda a equipe econômica do Governo foi extremamente competente e ágil. Isso também pesou na decisão”, elogiou.

   Secretário de Desenvolvimento Econômico, Thiago Norões celebrou a conclusão de um processo “amistoso” e “detalhado” de negociação iniciado em 2015. “Consolidamos a presença em Pernambuco da InBetta. O momento de hoje demonstra que o grupo tem confiança no mercado consumidor do Nordeste e nas condições de negócios que o Estado de Pernambuco oferece. Estão aqui há mais de 15 anos. Aqui vieram e prosperaram”, ressaltou Norões.


Fonte: Blog do Magno Martins






Região do São Francisco tem chuva acima do esperado

Timbaúba Agora
 

   As chuvas na região do São Francisco pernambucano continuam e já são superiores ao mesmo período dos últimos três anos. De acordo com o Parque Nacional da Serra da Canastra, que fica a cerca de quatro quilômetros das nascentes do Rio São Francisco, as precipitações entre 2 e 20 deste mês já chegam a 333 mm. Isto significa três vezes mais que em todo mês de janeiro do ano passado. O número é considerado pelos especialistas como bastante significativo visto que a média esperada para esta época varia entre 268 e 280 mm.

   Segundo o chefe da instituição, Luiz Artur Castanheira, outra boa notícia é que somente no dia 20 de janeiro choveu 84mm, ou seja, 77% do volume ocorrido em todo mês de janeiro de 2015 foi registado somente em um dia. Embora a chuva tenha dado um alento para os que sofrem com a seca, a pluviosidade não deverá ser suficiente para encher os reservatórios de água da região. “Espero que as contribuições das águas aqui da região das nascentes, protegidas pelo Parque Nacional da Serra da Canastra, e somadas às vazões de todos os outros importantes afluentes do São Francisco contribuam com a recuperação do volume dos reservatórios”, destacou Castanheira.

   O aumento das chuvas é considerado normal. Os meteorologistas afirmam que a estação chuvosa normalmente se estende até março. Mas se esta tendência permanecer, há ainda dois meses de precipitação para melhorar a situação dos reservatórios. O boletim da Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac) divulgado ontem, segunda-feira (25/01), mostra que a situação ainda é preocupante. As barragens de Rosário, em Iguaraci, a Saco I, em Serra Talhada, e a Cruz de Salina, em Petrolina, estão em colapso. Elas são alimentadas com as águas do São Francisco e estão com menos de 1,5% de sua capacidade. A de Algodões, em Ouricuri, tem a mesma classificação, com apenas 0,8% do volume normal.

   No quinto ano de seca, 2016- e 2015- teve ainda um agravante: o fenômeno El Niño, que aquece as águas do oceano pacífico e traz ventos mais secos para o Brasil, ocasionando a diminuição da pluviosidade.

 
Fonte: Blog do Magno Martins