Redes socias

Brasil Multi Vídeos

Brasil Multi Vídeos
O seu canal de entretenimento

RDS

sexta-feira, 31 de março de 2017

PARA LAURA GOMES, PAULO CÂMARA COMBATE A CRISE COM TRABALHO

Foto: Rafael Lima
   Durante esta quinta-feira (30/3), a deputada Laura Gomes (PSB) acompanhou o governador do estado, Paulo Câmara (PSB), em Caruaru, na entrega da Escola Técnica Fernando Lyra e na inauguração da adutora do Pirangi, realizações do Governo Estadual. Para a parlamentar socialista o governador é um destaque no Brasil, ao entregar obras e serviços em plena crise, transformando o discurso em atos concretos e objetivos.

   Laura não escondia a alegria "Estou orgulhosa. Paulo Câmara mostrou a sua responsabilidade em trazer melhorias para Caruaru. Com um investimento de cerca de 10,5 milhões, esta Escola Técnica vai formar 180 novos técnicos para o nosso polo de confecções”, observou.

   Seguindo a agenda com o governador Paulo Câmara, após o almoço no apartamento de Jorge e Laura Gomes, veio a inauguração oficial da adução da água do rio Pirangi para a Barragem do Prata.

   O ato aconteceu na Estação de Tratamento da Compesa, no bairro Petrópolis. No pronunciamento, Laura citou a importância da chegada da água para Caruaru, o que evitará o colapso do abastecimento para mais de 350 mil pessoas da cidade e outras 450 mil de mais nove municípios também beneficiados pelo sistema. “O Governo do Estado abre para nós uma nova história, com o compromisso realizado e a população atendida”, Finalizou a deputada.

Pedro Neto
Assessoria de Imprensa - Laura Gomes
(Jornalismo Oficina Comunicação) 

quinta-feira, 30 de março de 2017

Armando marca para dia 19 votação da MP da proteção ao emprego, que vai priorizar micro e pequenas empresas


Exibindo ANA_7559.jpg
Foto: Ana Luisa Souza/Divulgação
   O senador Armando Monteiro (PTB-PE), relator da Medida Provisória que altera e prorroga até 31 de dezembro de 2018 o Programa de Proteção ao Emprego, agora chamado de Programa Seguro-Emprego (PSE), marcou para o próximo dia 19 de abril sua votação na Comissão Mista que examina a matéria, integrada por senadores e deputados. A MP, que permite a compensação de 50% da redução temporária dos salários, segue depois à votação, em separado, dos plenários da Câmara dos Deputados e do Senado.

   Para Monteiro, o programa tem ainda mais relevância na situação atual: “Vivemos um período de desemprego muito elevado, o que deve ser preocupação central do governo e do Congresso. Assim, é mais do que oportuna a prorrogação de um programa como esse, que visa dar alternativas para manutenção do emprego. Ressalto, ainda, que a MP prevê prioridade para micro e pequenas empresas, que são grandes empregadoras de mão-de-obra”. 

   No próximo dia 12, acontece a audiência pública sobre a Medida Provisória,  quando deverão ser discutidas sugestões de mudanças ao PSE. Participarão da audiência representantes do Ministério do Trabalho, Sebrae, CNI (Confederação Nacional da Indústria), CNC (Confederação Nacional do Comércio, Serviços e Turismo), Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), CUT, Dieese (Departamento Intersindical de Estudos e Estatísticas Sócio Econômicas), UGT (União Geral dos Trabalhadores) e Força Sindical. 

   Depois de ouvir todas as partes, conforme ficou decidido em reunião da Comissão Mista, Armando decidirá quais emendas irá acatar entre as 61 apresentadas por deputados e senadores à Medida Provisória. A MP 761, editada em 22 de dezembro de 2016, estabelece que as empresas que aderirem ao PSE poderão adotar uma redução na jornada de trabalho e nos salários de até 30%, que será coberta pelo governo em até 50%, com recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

   Se, por exemplo, um trabalhador que ganha R$ 1.000 mensais passar a receber R$ 700 por diminuição de jornada e de salário,  terá do governo R$ 150 por mês, passando a perceber, portanto, R$ 850,00, com perda menor de renda. Pelas novas regras da MP 761, terão prioridade as micro e pequenas empresas. O Ministério do Trabalho só aceitará a adesão da empresa que celebrar um acordo coletivo de trabalho com este fim.

   Podem aderir ao programa empresas em situação comprovadamente de dificuldade econômico-financeira. A adesão deve ser feita junto ao Ministério do Trabalho até 31 de dezembro de 2017, com prazo máximo de permanência de 24 meses, respeitada a data de extinção do programa, agora prevista para dezembro de 2018. O tempo de adesão mínima é de 6 meses, podendo vir a ser prorrogado.

   Uma das principais inovações é a prioridade às Micro Empresas e Empresas de Pequeno Porte (MPEs) na adesão ao Programa. A MP continua vedando a dispensa arbitrária ou sem justa causa na vigência do Programa e durante o equivalente a um terço desse período, bem como mantém a exigência de acordo coletivo de trabalho específico celebrado entre a empresa e o sindicato de trabalhadores representativo da categoria da atividade econômica preponderante da empresa.

Imprensa de Armando Monteiro

quarta-feira, 29 de março de 2017

Polo Caruaru exibe exposição sobre os 50 anos da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém

Público poderá conferir figurinos, adereços, fotos e vídeos de 2 a 17 de abril


  O espetáculo da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém está completando meio século de encenações dentro das muralhas do maior teatro ao ar livre do mundo em Fazenda Nova, distrito de Brejo da Madre de Deus. As comemorações começam neste domingo, dia 2, no Polo Caruaru.

   O Centro de Compras vai inaugurar a exposição “Paixão de Cristo 50 Anos – A História do Maior Espetáculo Ao Ar Livre do Mundo”, produzida pela Sociedade Teatral de Fazenda Nova (STFN) que vai apresentar um pouco da história do projeto idealizado no fim da década de 1960 por Plínio Pacheco.

   Haverá objetos cênicos e pessoais, figurinos, fotografias, vídeos e uma maquete de Nova Jerusalém. Tudo vai levar o visitante por um percurso repleto de emoção. “Não são objetos sagrados, mas objetos sacralizados pela sua própria história. Objetos que narram a trajetória dessa epopeia do agreste Pernambucano, que passa por gerações da família do criador”, adianta Aluízio Câmara, curador da exposição.

   A visitação terá início às 9h da manhã, no espaço que fica em frente ao Armazém da Criatividade. Às 15h, haverá a abertura oficial com a participação de personagens caracterizados. Os visitantes poderão conferir todos os detalhes até o dia 17 de abril. A entrada é gratuita.

   Para o período da Semana Santa, o Polo Caruaru firmou parceria com agências de turismo da capital pernambucana para que os turistas que passarem por Caruaru a caminho de Fazenda Nova possam visitar o local, fazer compras e, claro, prestigiar a exposição.

   “A Semana Santa é um período muito importante para o nosso negócio. Queremos aproveitar ao máximo essa presença do turista que vai a Nova Jerusalém. Ele é um cliente de grande potencial. Estamos bastante otimistas também com relação à exposição, que é uma iniciativa inédita, nos moldes que está sendo preparada, principalmente, porque marca uma data muito especial que são os 50 anos da Paixão no teatro de Nova Jerusalém”, finaliza o empreendedor Djalma Cintra Júnior.

Serviço:

Exposição 50 Anos da Paixão de Cristo – A História do Maior Espetáculo ao Ar Livre do Mundo;
Local: Polo Caruaru, Rodovia BR 104, km 62, s/n, Nova Caruaru, Caruaru – PE;
Período: de 2 a 17 de abril de 2017;
Horário de visitação: das 9h às 18h;
Entrada gratuita.

Claudio Rodrigues
(Jornalismo Oficina Comunicação) 

Obra da Adutora do Moxotó tem ritmo acelerado

Terraplangem Elevatória do Moxotó/ Ronaldo Vasconcelos
   Seis frentes de trabalho simultâneas, atuando com jornada estendida, dão ritmo acelerado às obras do Sistema Adutor do Moxotó. Compesa quer antecipar a conclusão do empreendimento.


   Na cidade de Sertânia, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) iniciou  os serviços de terraplanagem para a construção da Estação Elevatória de Água Bruta (EEAB) 1 do Sistema Adutor do Moxotó. A obra é a primeira ligação do canal do Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco com o Agreste pernambucano, e foi a alternativa encontrada pela companhia e governo do Estado para antecipar a chegada das águas do 'Velho Chico' na região, a mais castigada pela seca que já perdura seis anos consecutivos.


   Após a visita do governador Paulo Câmara a cidade de Arcoverde, na última sexta-feira (24/03) - durante o programa Pernambuco em Ação -  as obras ganharam celeridade com seis frentes de trabalho simultâneas e jornada de trabalho estendida - de domingo a domingo.

   Com essas medidas, a Compesa busca antecipar a conclusão da Adutora do Moxotó para o final deste ano - o prazo previsto no projeto é abril de 2018. Até o momento, 20% das obras já foram concluídas, o que representa o assentamento de 16.000 metros de tubulações no município de Sertânia, a partir do canal do Eixo Leste até o distrito de Cruzeiro do Nordeste, margeando a BR-232. O projeto ainda prevê a construção de mais duas estações elevatórias, uma em Cruzeiro do Nordeste, cujas obras já estão em andamento, e a terceira unidade deve ser iniciada no mês de abril, na cidade de Arcoverde.


   A Adutora do Moxotó vai operar com uma vazão de 450 litros de água, por segundo, para regular o abastecimento de oito cidades: Arcoverde, Pesqueira, Alagoinha, Sanharó, Belo Jardim, Tacaimbó, São Bento do Una e São Caetano. Juntos, os municípios somam uma população de mais de 300 mil pessoas.

Exibindo Foto 5- Adutora do Moxotó.jpg
Adutora do Moxotó/ Ronaldo Vasconcelos
   A estiagem prolongada castiga o estado de Pernambuco e a Compesa tem buscado alternativas para viabilizar as obras necessárias para atender à população. A Adutora do Moxotó permitirá a retirada do colapso de abastecimento de cinco cidades   e três em pré-colapso (Arcoverde, São Bento do Una e São Caetano) “, afirma o diretor Técnico e de Engenharia da Compesa, Rômulo Aurélio Souza.

   Serão investidos R$ 85 milhões em todo projeto, recursos do governo federal, governo do estado e Compesa, para implantar três estações de bombeamento e uma adutora com a extensão de 70 mil metros. A captação da água da Transposição será feita na Barragem do Moxotó, no distrito de Rio da Barra, em Sertânia, e será transportada até a Estação de Tratamento de Água (ETA), em Arcoverde. O Sistema Adutor do Moxotó será interligado à Adutora do Agreste na cidade de Arcoverde.


Imprensa Compesa

População de Gravatá recebe serviços gratuitos do Projeto Colmeia nesta sexta-feira

A feira de saúde e cidadania do Sesc reúne serviços no Caic Gravatá, das 9h às 16h


Google
   Aferição de pressão arterial, teste rápido de colesterol, avaliação física funcional, agendamento de exames, aplicação de flúor, atividades recreativas, orientações nutricionais e corte de cabelo estão entre os serviços que serão oferecidos, gratuitamente, à população de Gravatá, nesta sexta-feira (31). A ação no Agreste pernambucano faz parte do Projeto Colmeia – Feira de Saúde e Cidadania do Sesc, que realizará atendimentos das 9h às 16h, no Centro de Atenção Integral à Criança (Caic) de Gravatá.

   O Projeto Colmeia vai oferecer serviços nas áreas de: educação, saúde, nutrição, esportes e recreação. Quem for ao Caic será beneficiado, ainda, com atividades de incentivo à leitura – através da unidade móvel da BiblioSesc; agendamento para exame citológico e mamografia – através da unidade móvel de Saúde da Mulher; recomendações nutricionais e oficina de aproveitamento integral dos alimentos.

   Parceira do projeto, a Prefeitura de Gravatá vai ter uma equipe para prestar orientações aos moradores sobre saúde da mulher, arboviroses e febre amarela, atendimento jurídico, instruções sobre ação de alimentos, reconhecimento de paternidade, retificação, ação de divórcio e de reconhecimento de união estável. Além disso, haverá teste rápido de HIV, cadastro e atualização do cartão do SUS, palestras sobre a importância da vegetação para a saúde da população e sobre o lixo na saúde ambiental da comunidade e atividades de resgate às brincadeiras populares.

   O Núcleo de Apoio aos Portadores de Hepatite (Naphe) participará com testes de hepatite B e C e a Faculdade Estácio disponibilizará aos presentes orientações jurídicas. Já a empresa Hinode oferecerá limpeza de pele. A Celpe participará com a realização de cadastros de baixa renda, parcelamento de contas, troca de titularidade, solicitação de segunda via da fatura e agendamento para ligações novas. A Secretaria de Saúde do Estado fará o teste do bafômetro e fornecerá orientações sobre Hanseníase, além do teste de pele para diagnóstico da doença.

   O corte de cabelo masculino e feminino e de barba ficará por conta dos profissionais do Senac. A unidade móvel do Detran vai fornecer histórico nada consta de multas, informações de pontuação na CNH, emissão de taxas, consulta de gravame e de débitos, além de atualização de endereço cadastral. O Hemope disponibilizará informações sobre o processo de doação de sangue e de medula óssea, bem como do seu funcionamento e atuação.

Serviço:

Projeto Colmeia – Feira de Saúde e Cidadania;

Dia: 31/03 (sexta-feira);

Horário: 9h às 16h;

Local: Caic Gravatá – Rua Alto do Querino, bairro Novo, 258 – 330.

Fernanda Carvalho
(Jornalismo Oficina Comunicação) 

terça-feira, 28 de março de 2017

Senado aprova projetos de apoio à amamentação

   Duas semanas depois da comemoração do Dia Internacional da Mulher, o Senado aprovou, com o apoio do líder da Oposição na Casa, Humberto Costa (PT-PE), quatro projetos de lei que beneficiam diretamente as mulheres. Todos seguem à sanção presidencial.

   Para Humberto, dois deles são extremamente importantes à saúde das mulheres: o que veda o uso de algemas em grávidas durante e logo após o parto e o que garante o direito a acompanhamento e orientação à mãe com relação à amamentação.

   “Nós sabemos que todas as medidas que contemplam as mulheres beneficiam diretamente toda a sociedade. Melhorar a vida delas significa mais igualdade de condições e mais qualidade de vida a todos. O Senado agiu muito bem ao aprovar essas propostas”, resume Humberto.

   Ele lembra que no dia 8 de março a Casa já havia aprovado um pacote de proposições em favor das mulheres. Na última semana, os parlamentares aprovaram ainda o projeto de lei que institui o mês de agosto como o do aleitamento materno e o que inscreve no Livro dos Heróis da Pátria, localizado no Panteão da Liberdade e da Democracia Tancredo Neves, em Brasília, o nome de Zuleika Angel Jones. Zuzu Angel, como ficou conhecida, foi uma estilista mineira que fez da moda, à época território de estilistas homens, sua bandeira na defesa da identidade brasileira e sua riqueza.

   “A partir do ano que vem, o mês de agosto será marcado pela intensificação de ações de conscientização e esclarecimento sobre a importância do aleitamento materno com realização de palestras e eventos, divulgação em espaços públicos e na mídia, reuniões com a comunidade, iluminação ou decoração de espaços com a cor dourada”, afirma Humberto.

   Para o líder da Oposição, um dos projetos deverá acabar com abusos contra presidiárias grávidas que são algemadas durante o trabalho de parto ou após darem à luz aos seus bebês. “É de se perguntar: qual o perigo de fuga nesse caso? Qual a possibilidade de resistência ou de risco à integridade física, própria ou de terceiros?”, questiona.

   Em relação à amamentação dos bebês, Humberto, que é médico e foi ministro da Saúde, acredita que, principalmente para os primeiros filhos, podem surgir dificuldades quando se amamenta. Segundo ele, são comuns relatos de problemas como dores ou mastites, por exemplo, que podem ser evitadas com orientações básicas, observando-se e orientando a “pega” correta.

   “É importante que as famílias saibam que a amamentação realizada de forma adequada, em uma boa posição, não provoca dores, o leite é secretado em quantidade adequada e o bebê engole sem dificuldades. Pequenos ajustes podem significar ganhos enormes em termos de saúde”, explica.

   Nessa linha, a proposta aprovada pelo Senado sugere que, junto aos deveres de unidades que acompanham gestantes e realizam partos, previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente, se acresçam a observação da prática e a orientação quanto à forma mais adequada para alcançar a amamentação ideal.

Fonte: Band Blog do Magno Martins

segunda-feira, 27 de março de 2017

Secretário Nilton Mota solicita liberação de 30 mil toneladas de milho à Conab/PE

   Nesta segunda-feira (27/03), o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota, recebeu em seu gabinete o superintendente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Elizaldo Sá, quando solicitou a liberação de 30 mil toneladas de milho em estoque para distribuição em todo o Estado, pretendendo abrir unidades de vendas nos municípios de Araripina, Salgueiro, Petrolina, Garanhuns, Afogados da Ingazeira e Sertânia. Para este ano, a Conab anunciou a liberação de 250 mil toneladas do produto para o Programa Vendas em Balcão. Deste total, 200 mil toneladas serão destinadas aos estados nordestinos, em virtude da estiagem prolongada.

   O secretário pontuou que o Governo de Pernambuco concedeu isenção do ICMS, proporcionando uma melhor condição de aquisição aos produtores. Segundo informações, para que a saca de 60 quilos seja comercializada por R$ 33,00, em média, está sendo aguardada a assinatura de portaria do Governo Federal.


   “O Estado vem enfrentando um longo período de estiagem e precisamos dar melhores condições aos nossos agricultores familiares com a oferta do milho em condições especiais. Por isso estamos recorrendo à Conab para que os produtores possam alimentar seus rebanhos de aves, bovinos, suínos, caprinos e ovinos neste momento de desafios”, argumentou o secretário.

Cecília Araújo

Gerência de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária

“Reforma não pode tirar direitos dos trabalhadores”, diz Armando no LIDE-PE

Foto: Divulgação
   O senador Armando Monteiro (PTB) participou, nesta segunda-feira (27/03), de um seminário promovido pelo LIDE-PE (Grupo de Líderes Empresariais de Pernambuco), em que tratou de temas ligados à Reforma Trabalhista. O evento, presidido por Drayton Nejaim, contou com a presença do ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, que ministrou palestra sobre os desafios de uma nova legislação trabalhista no Brasil. Para Armando, o País precisa enfrentar uma agenda de reformas, de modo que possa gerar mais empregos e assegurar a retomada do econômico, mas sem retirar direitos dos trabalhadores.

   Sobre o olhar da Reforma Trabalhista, Armando Monteiro defende que o Brasil precisa moldar as instituições para que o mercado de trabalho seja mais dinâmico, gere empregos e possa assegurar o crescimento econômico. “Mas tudo isso sem ferir os direitos dos trabalhadores. Isso é um ponto fundamental. Não se pode promover reformas para precarizar ou para subtrair direitos dos trabalhadores”, assinalou o parlamentar. 

   O petebista afirmou que é preciso promover mudanças na legislação de modo a oferecer um marco jurídico e ambiente de maior flexibilidade, de forma que o Brasil possa ter um sistema mais dinâmico.

   “No ambiente das relações do trabalho, todos reconhecem que o País precisa promover uma modernização das relações porque o mundo do trabalho mudou em função do impacto de novas tecnologias, das novas formas de trabalho, da especialização crescente, da fragmentação do trabalho. É evidente que temos que atualizar o marco legal. O que se constata é que a lei não tem mais a capacidade de poder se moldar às mudanças que ocorrem com grande velocidade no mundo do trabalho. Eu considero absolutamente necessário que o Brasil avance nessa agenda”, disse.

   Armando Monteiro pontuou, por fim, que o Congresso Nacional terá um papel fundamental nessa agenda de reformas, de modo a aperfeiçoar as propostas e promover um debate amplo.

Imprensa de Armando Monteiro

domingo, 26 de março de 2017

Armando celebra vitória de Josinaldo Barbosa na eleição da UVP

   O senador Armando Monteiro (PTB) comemorou a expressiva vitória conquistada pelo vereador e presidente da Câmara de Timbaúba, Josinaldo Barbosa (PTB) na eleição da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP). O petebista foi reeleito neste sábado (25/03) para mais dois anos de mandato à frente da presidência da UVP. Em pleito realizado durante o Congresso de Vereadores e Servidores de Câmaras, que ocorre no município de Bonito, Josinaldo obteve 601 votos, conseguindo uma diferença de mais de 300 votos a mais em relação ao segundo colocado na disputa, o vereador de São Bento do Una, André Valença (PSB).

   "A vitória de Josinaldo Barbosa é um reconhecimento à sua liderança, que se consolidou ao longo de seu mandato na presidência da UVP. Essa larga conquista, que reuniu toda a base da representação municipal, dá mostras da capacidade de Josinaldo de articulação", destacou Armando Monteiro.

   O líder petebista afirmou ainda que o feito conquistado por Josinaldo representa uma vitória do vereador, da UVP e do PTB. "Essa é uma vitória expressiva para Josinaldo, para a UVP e para o PTB. Josinaldo é uma liderança valorosa e o PTB se honra em tê-lo em nossos quadros", completou o senador.

Imprensa de Armando Monteiro

sábado, 25 de março de 2017

A Bolsa-estiagem

   Sem apelo para o nordestino, de viés extremamente lulista, o presidente Michel Temer (PMDB) tem feito algumas tentativas para conquistar a simpatia de quem sempre o olha com desconfiança. Acelerar as obras da Transposição foi o seu maior feito. A água, finalmente, chegou a dois Estados – Pernambuco e Paraíba - e em breve pode molhar o chão seco e matar a sede de mais dois Estados – Ceará e Rio Grande do Norte.
   A investida na Transposição do São Francisco provocou ciumeiras no PT, que abriu um precedente histórico e preocupante no País, fazendo um ex-presidente, no caso Lula, inaugurar uma obra sem ter mais autoridade nem legitimidade para tal. Em ato na cidade de Monteiro, domingo passado, Lula e Dilma disseram que Temer quer pegar carona na obra que tem o DNA deles.
   Temer sabe que, em qualquer projeto que esteja na sua cabeça para 2018, minar as bases de Lula no Nordeste não é meta, mas obrigação seja ele candidato à reeleição ou o nome que venha a apoiar. Saíram dos bolsões de miséria da região os votos que elegeram Lula, carimbaram seu passaporte para reeleição e, consequentemente, elegeram o poste Dilma.
   Por isso, algo tem que ser feito em favor dessa gente fiel, eleitora de cabresto de Lula. Reunido com Temer na semana passada, o senador Fernando Bezerra Coelho, líder do PSB no Senado, aliado de primeira hora do Governo, colocou na mesa aquela que pode ser a grande cartada do Governo para o presidente mostrar seu apreço aos nordestinos: a Bolsa Estiagem.
   Trata-se de um complemento de R$ 70 ao valor recebido pelos agricultores cadastrados no programa Bolsa Família. Vigoraria entre maio a dezembro, sendo suspenso mediante a chegada das primeiras chuvas no Nordeste. Fernando disse que Temer está convencido de que algo precisa ser feito para minorar os estragos causados ao semiárido pela frustração das chuvas. Esperava-se um bom inverno, com chuva em abundância, mas as expectativas não estão sendo confirmadas.
   Diante disso, o Governo será fortemente cobrado a criar um amparo, uma tábua de salvação. Se a bolsa estiagem vingar, o que ainda depende da boa vontade da equipe econômica de Henrique Meireles, estará assegurado ao criador de gado o mecanismo para comprar o milho subsidiado da Conab, por R$ 35 a saca, metade do preço praticado no mercado.
   A ajuda emergencial pode até ser encarada como mais uma esmola da União, que trata o Nordeste como um enteado desde o Império, mas certamente fará a alegria e a felicidade de muita gente humilde, que não aguenta mais tamanho prejuízo provocado pelo mais longo período de seca no Nordeste, completando sete anos consecutivos.

Fonte: Blog do Magno Martins

sexta-feira, 24 de março de 2017

Água do Sistema Pirangi começa a chegar na Estação de Tratamento de Caruaru

Captação do Rio Pirangi para Barragem do Prata
(Divulgação/Compesa)

   A Companhia Pernambucana de Saneamento - Compesa venceu hoje mais uma etapa importante para preservar a Barragem do Prata, localizada no município de Bonito, responsável pelo abastecimento de água de cidades do Agreste, entre elas, Caruaru.  As águas do Rio Pirangi chegaram hoje (24/03), pela primeira vez, na Estação de Tratamento de Água (ETA) Petrópolis, em Caruaru. Os técnicos da Compesa conseguiram concluir nesta tarde, a fase de testes da Estação Elevatória 1 do Sistema do Prata. O empreendimento irá beneficiar 550 mil pessoas em seis cidades do Agreste.

   A água chegou no poço de sucção da Barragem do Prata transportada por uma adutora de 27 quilômetros de extensão, a partir de uma captação no Rio Pirangi, localizado no município de Catende, na Zona da Mata Sul. O calendário de abastecimento de seis cidades do Agreste - Caruaru, Altinho, Agrestina, Ibirajuba, Cachoeirinha e Santa Cruz do Capibaribe - só será alterado quando entrar em operação o segundo conjunto de bombas do Sistema Pirangi, previsto para a próxima semana.

   O empreendimento é fruto de uma parceria entre o governo do Estado, Compesa e o Banco Mundial, e recebeu um investimento de R$ 60 milhões. Segundo o gerente da Unidade de Negócios da Compesa, Mário Heitor Filho, o funcionamento do primeiro conjunto de bombas do Sistema Pirangi já é uma ação extremamente importante para preservar a Barragem do Prata, que está com apenas 15% da sua capacidade. “Vamos reduzir a exploração da Barragem do Prata e utilizar uma vazão em torno de 200 litros de água por segundo do novo sistema para evitar o colapso do manancial “, adianta o gerente.

   O Sistema do Pirangi foi a alternativa técnica encontrada pelo governo de Pernambuco para socorrer as cidades do Agreste, captando água na Mata Sul. A obra foi iniciada em janeiro de 2016 e foi executada em ritmo acelerado para socorrer a população do Agreste, a região com o pior balanço hídrico do Nordeste. “Trabalhamos arduamente durante todos esses meses com o intuito de permitir o uso da água do Pirangi. Nos deparamos com alguns problemas, naturais nessa fase de pré-operação de um novo sistema, mas todos sanados com brevidade”, explica o gerente de Obras da Compesa, Judas Tadeu de Souza.


Imprensa Compesa

quinta-feira, 23 de março de 2017

Conselho Tutelar pede a prisão de pai que gravou vídeo ensinando a profissão de pedreiro ao filho

Saiu no Portal G20


   "Um vídeo postado no Facebook mostra um pai que trabalha como pedreiro, ensinando a profissão ao seu filho... O garoto parece estar se divertindo com a situação e faz tudo extremamente rápido. O garoto seria filho do seguidor da página que divulgou o conteúdo. Ele foi identificado como Francisco Fonseca.

   O pedreiro explica que desde novo o menino sempre gostou de trabalhar, mas isso tem gerado uma divisão online. Para algumas pessoas, um menor trabalhando é um absurdo e a cena é um flagrante do que chamam de exploração infantil. Já para outras, o pai está dando um bom exemplo e ensinando a criança a importância do trabalho"

   O diretor do Conselho Tutelar expediu junto a Vara da Infância e Juventude um mandato de prisão para o pai do garoto, acusando-o de explorar trabalho infantil do filho.
Um internauta, solidário à família vítima de tudo que está acontecendo defendeu o pai do garoto:

   “Trabalhei muito com meu pai sempre estudei e brinquei! Hoje sou grato a ele por ter me ensinado a ser quem sou hoje! Com 12 anos comprei minha primeira calça jeans e meu tênis que queria! Fiquei tão orgulhoso de mim! Obrigado meu pai por ter sido um exemplo de guerreirooo!”, disse o rapaz.

Arcoverde recebe pela primeira vez o projeto Arte da Palavra

A escritora Glória Kirinus vai ministrar oficina na Unidade do  Sesc sobre vitalidade e as paisagens da seca


   Considerado um dos maiores projetos literários nacionais, o Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras, chega a Pernambuco pela primeira vez. A cidade de Arcoverde, no Sertão do estado, recebe a iniciativa a partir da próxima segunda-feira (27/03) até o dia 31 de março. O objetivo é promover a formação e divulgação de novos escritores, a valorização das obras e autores nacionais, além de expor as novidades sobre a produção literária.

   No Sesc Arcoverde será oferecido a oficina de “Lavra-Palavra – Arcos de Vitalidade e Paisagens da Seca”, que terá como instrutora a escritora Glória Kirinus. Ela tem 30 anos de carreira na literatura e publicou diversos livros com temáticas para o público infanto-juvenil e de teorias para a área de Letras e Educação.

   Nos encontros, os participantes serão inspirados a trabalhar os elementos que transmitam a sensação da realidade típica do Sertão, com paisagens áridas, porém cheias de vida. Para a construção dos textos, serão utilizados, ainda, recursos sonoros e de imagem. As aulas acontecem sempre das 18h às 22h no Laboratório de Autoria Literária José Rabelo de Vasconcelos, na própria Unidade. São oferecidas 20 vagas.

   O público-alvo são professores, escritores, poetas, pesquisadores, músicos e apreciadores da arte. As inscrições custam R$ 7 (para comerciários e dependentes) e R$ 14 (para o público em geral) e devem ser feitas na Central de Atendimento da Unidade, das 8h às 20h.

Projeto – O Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras é desenvolvido pelo Departamento Nacional do Sesc em parceria com outros Regionais. A iniciativa tem como objetivo oferecer ações que atuem em toda a cadeia da literatura e contribuir para a democratização ao acesso à leitura, um dos pilares para o desenvolvimento social e cultural do país. O projeto consiste em um circuito nacional composto por três eixos: Circuito de Autores (voltado para a valorização e divulgação de autores nas diferentes comunidades literárias), Circuito de Oralidades (para contadores de histórias, saraus e apresentações que mesclam poesia com outras manifestações artísticas) e Circuito de Criação Literária (composto por oficinas literárias de diferentes temáticas, que objetiva exercitar a prática da escrita literária nas suas diferentes manifestações).

Serviço:

Projeto Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras

Oficina: “Lavra-Palavra – Arcos de Vitalidade e Paisagens da Seca”

Data: de 27 a 31 de março

Horário: das 18h às 22h

Inscrições: R$ 7 (comerciários e dependentes) e R$ 14 (público em geral). Até o dia 25 de março, das 8h às 20h.

Sesc Arcoverde: Rua Cap. Arlindo Pacheco de Albuquerque, 364, São Miguel.

Informações: (87) 3821-0864.

Claudio Rodrigues
(Jornalismo Oficina Comunicação) 

Senado ratifica maior acordo bilateral do Brasil negociado por Armando Monteiro

Foto: Ana Luisa Souza/Divulgação
   A maior abertura dos mercados de automóveis e da construção civil para empresas brasileiras é um dos efeitos positivos do maior acordo bilateral já firmado pelo Brasil,  de Ampliação Econômico Comercial  com o Peru, ratificado hoje, quinta-feira (23/03), pelo plenário do Senado. O acordo foi fechado pelo senador Armando Monteiro (PTB) em abril de 2016, quando era ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.
   Relator no plenário do decreto legislativo que aprovou o protocolo, Armando ressaltou que o acordo estabelece “a liberalização de serviços, a abertura dos mercados de compras públicas e aprimora o ambiente para os investimentos entre os dois países”. Previu que a corrente do comércio bilateral, da ordem de US$ 3 bilhões anuais, será ampliada no curto prazo.  
O acordo Brasil-Peru estabelece, em resumo:

  • acesso das empresas brasileiras às licitações do governo peruano, um mercado superior a US$ 13 bilhões anuais. O acordo de compras públicas, até então inédito, o primeiro assinado pelo Brasil, elimina, para as nossas empresas, a exigência de depósito prévio nos bancos peruanos de 5% do valor dos contratos, tornando-as mais competitivas;
  • antecipação da tarifa zero para as compras peruanas de automóveis brasileiros, prevista originalmente para 2019. Com esta desgravação tarifária, a indústria automobilística, que atualmente vende no Peru menos de cinco mil automóveis por ano, o que equivale somente a 3% do mercado local,  ampliará sua participação num setor que demanda 160 mil novos veículos leves anuais, hoje dominado por empresas asiáticas;
  • acordo no setor de serviços aumentará a participação de empresas brasileiras nos segmentos de comunicação e tecnologia da informação (TI), turismo, transporte, engenharia, arquitetura, entretenimento;
  • facilitação de investimentos, com garantias de não discriminação e criação de mecanismos de prevenção de controvérsias e de arbitragem, ampliando as oportunidades para investimentos brasileiros no Peru e vice-versa. 

Imprensa de Armando Monteiro

quarta-feira, 22 de março de 2017

Laura Gomes preside sessão em homenagem aos 40 anos da CPRH e destaca ação do Governo do Estado no Agreste


   Em comemoração ao Dia Mundial da Água, a deputada estadual Laura Gomes (PSB) presidiu sessão solene, nesta terça-feira (21/03), em celebração aos 40 anos da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH).

   Mais cedo, no plenário da Assembleia, a deputada fez um pronunciamento sobre a questão da água, em especial na cidade de Caruaru, destacando o esforço do Governo do Estado e da Compesa ao realizar a obra da adutora do Pirangi, em tempo recorde, impedindo que 350 mil moradores de Caruaru passassem a  ser abastecidos por caminhões-pipa. “A barragem do Prata não vai entrar em colapso nem a maior cidade do interior do Estado vai ser abastecida por caminhão-pipa.  O Governo do Estado conseguiu o dinheiro na hora certa e correu com a obra do Pirangi no tempo certo. Além disso, os serviços da Adutora do Agreste foram retomados no início deste ano e essa é uma obra que vai levar água para mais de 60 municípios pernambucanos e várias localidades das área rurais”, afirmou a deputada.

   Em seu discurso, Laura Também destacou a ação do Governo do Estado para contrair um empréstimo de 600 milhões para investir em abastecimento d’água e em infraestrutura. “É um luxo no atual momento de crise ter crédito. E o melhor: empregar o dinheiro no lugar certo, que é onde o povo mais precisa, na questão hídrica e de infraestrutura. E foi isso que o governador Paulo Câmara fez”, completou a deputada.

Pedro Neto
Assessoria de Imprensa - Laura Gomes
(Jornalismo Oficina Comunicação) 

terça-feira, 21 de março de 2017

Palestra orienta produtores sobre botulismo

 Enviado por: Imprensa FAEPE

Vacinação bovina/ Divulgação
   Morte súbita de bovinos com suspeita de botulismo tem preocupado os pecuaristas do Agreste pernambucano. Diante desse quadro, a Federação da Agricultura do Estado de Pernambuco (Faepe) e o Sindicato Rural de Buíque reúnem criadores em busca de informações para evitar a propagação da enfermidade.

   O tema será abordado nesta quarta-feira (22/03), no município de Buíque, durante palestra ministrada pelo médico veterinário Benito Caraciolo, técnico da Agência de Fiscalização e Defesa Agropecuária (Adagro).

   “Muitos produtores ainda não sabem como a doença é contraída e ocasiona a morte dos animais. Por isso é tão importante conscientizá-los sobre a necessidade de vacinar o rebanho, como principal forma de prevenção do botulismo”, afirma o presidente da Faepe, Pio Guerra.

   O gestor ressalta, ainda, que o fator climático está diretamente associado à infestação da doença no Estado, que já enfrenta o seu quinto ano consecutivo de seca. De acordo com o gestor, bovinos confinados também podem adquirir o botulismo quando alimentados com silagem, feno ou ração mal conservados, que possam conter matéria orgânica em decomposição ou carcaças de pequenos mamíferos e aves, que por acidente, possam ter sido incorporados ao alimento no momento da preparação. “Estas condições favorecem a multiplicação da bactéria e produção de grandes quantidades da toxina botulínica”, explica Guerra.

   Além disso, reservatórios de água, águas paradas ou açudes contaminados por carcaças de roedores, pequenas aves ou animais silvestres, também podem ser considerados como possíveis fontes de infecção para bovinos a campo e estabulados.

Sintomas

   O bovino com botulismo apresenta dificuldade para se deslocar em consequência da paralisia dos membros posteriores, que ao se agravar, a afeta também os membros anteriores. Por isso o animal passa a maior parte do tempo deitado. 


   Com a evolução da doença, o animal não consegue mais levantar-se e tem paralisia dos músculos da mastigação, indicada pela incapacidade de apreender e ingerir os alimentos. No estágio mais avançado do botulismo, o animal sente dificuldade para respirar, em decorrência da paralisia flácida progressiva dos músculos esqueléticos, ocasionada pela ação da toxina, embora apresente estado mental e sensorial normal. A morte do animal é antecipada por coma, acompanhado de insuficiência e parada respiratória.

Acic e Sebrae divulgam resultado da 23ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana

Foto: Pedro Neto
   O Polo de Confecções do Agreste comemora o sucesso de mais uma Rodada de Negócios da Moda Pernambucana. A 23ª edição, que apresentou a coleção Outono/Inverno, atingiu a marca de R$ 17,5 milhões em vendas. Foram quase 1 milhão de peças de roupas, calçados e acessórios comercializados e mais de 300 compradores de 22 estados brasileiros. As 112 empresas expositoras mostraram suas coleções em 124 stands montados no pavilhão de eventos do Polo Caruaru. Os números mostram a força de um dos principais eventos de moda do país.

   Os empresários convidados pela Acic ficaram surpresos com a qualidade dos produtos. Nerly Socolovski, comerciante do Mato Grosso, visitou a Rodada pela sexta vez. “Eu venho a este evento, principalmente, para ver o jeans. Estou bem satisfeita. Consegui comprar bem. Vi muitas opções e me agradei muito”, disse. Fabiana Thorres, do Rio de Janeiro, disse que se surpreendeu com a qualidade dos produtos: “os fornecedores são ótimos, o acabamento e a lavagem do jeans, tudo perfeito. O Nordeste tem uma produção muito boa”.

   Muitas autoridades prestigiaram o evento, a exemplo da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB). “A cada edição, a Rodada de Negócios se reinventa e, neste momento de crise, consegue gerar milhões de reais. É um modelo provado que deu certo. É o polo têxtil que tem sustentado a nossa região e, o que depender da prefeitura, nós estaremos sempre à disposição, não só visitando e parabenizando os organizadores, mas, sobretudo, ajudando no investimento para que outras pessoas possam vir comprar e permitir que nossos fabricantes possam vender ainda mais”, ressaltou a prefeita.

   Pela primeira vez na Rodada de Negócios, o superintendente regional do Banco do Brasil, Hugo Régio, mostrou-se muito impressionado com a grandeza do evento. “A Rodada já é algo muito forte e tem um reconhecimento em nível de estado e de país. Tenho certeza de que a cada rodada, vamos ter mais clientes, causando experiência positiva para quem vem a Caruaru buscar soluções do mercado têxtil. Nosso papel enquanto agente financeiro é, efetivamente, o de nos aproximar e conhecer melhor o comprador e o expositor para que possamos facilitar a vida de todas as pessoas”.

   Os realizadores da Rodada de Negócios, mais uma vez, provaram que a parceria gera frutos incontáveis para toda a região. “Para todos os que participaram desde o começo desse projeto, trabalhando voluntariamente, a satisfação é muito grande não só no aspecto de termos aqui praticamente todo o Brasil, mas de percebermos a evolução que o fabricante local teve ao longo dessas vinte e três edições. Isso para todos que fazem parte do Comitê é um motivo de orgulho e satisfação”, disse Djalma Júnior, presidente do Comitê Gestor da Rodada de Negócios.

   Pedro Miranda, presidente da Acic, destacou o avanço profissional das empresas: “Hoje, essas empresas têm profissionais de alto valor agregado que se preocupam com uma elaboração perfeita das coleções. Isso faz com que os compradores adquiram produtos de alta qualidade. A Rodada de Negócios é, sem dúvida, um grande impulsionador para as nossas empresas que as tornam competitivas e reconhecidas em todo o país”.

   Já Débora Florêncio, gerente da Unidade Agreste do Sebrae, frisou o grande esforço da entidade em colaborar com o desenvolvimento das empresas por meio dos serviços de consultoria. “O nosso papel é, justamente, o de fomentar o empreendedorismo e fazer com que os empresários possam, com criatividade, crescer cada vez mais. A Rodada de Negócios é um excelente momento para mostrar que todo o esforço e talento das empresas do Polo de Confecções do Agreste contribuem para alavancar, cada vez mais, a economia da região”.

   A 23ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana contou, mais uma vez, com o apoio do Sindicato das Indústrias do Vestuário de Pernambuco (Sindivest/PE), da Associação Comercial e Empresarial de Toritama (Acit), da Associação Comercial e Empresarial de Surubim (Aciasur) e da Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (Ascap).

Claudio Rodrigues
(Jornalismo Oficina Comunicação) 

Dia Mundial da Água- Coleta de óleo de cozinha nas lojas do cliente da Compesa

   Em comemoração ao Dia Mundial da Água, a Companhia Pernambucana de Saneamento - Compesa e a Indústria  ASA se reúnem amanhã (22/03), na sede da companhia, para renovar e ampliar a parceria  existente para a coleta de óleo de cozinha e reutilização do resíduo na produção de sabão. Dos nove anos do Programa Mundo Limpo Vida Melhor, da Asa, oito deles tem o apoio da Compesa. O programa ajudou a preservar cerca de 100 bilhões de litros de água, a partir da coleta de mais de 5,5 milhões de litros de óleo reciclados.

   A parceria consiste na cessão das Lojas do Cliente da empresa para a instalação de coletores e recebimento do óleo descartado. A intenção da Compesa é ampliar os pontos de coleta por entender que a iniciativa traz grandes  benefícios  para a empresa, como a redução  dos serviços de manutenção na rede coletora de esgoto , provocados por  obstruções  decorrentes do lançamento indevido do material no ralo, além da  preservação dos recursos hídricos. O  programa permite ainda  a preservação da saúde das pessoas, pois o descarte inadequado do óleo atrai pragas causadoras de doenças, como leptospirose, hepatites, entre outras.

Serviço:

Tema: Dia Mundial da Água- Coleta de óleo de cozinha nas lojas do cliente da Compesa.

Data: 22/03

Horário: 11 h

Local: Sede da Compesa na Avenida Jayme da Fonte, no bairro de Santo Amaro.

Participantes: Aldo Santos, diretor de Articulação e Meio Ambiente da  Compesa  e Flávia Moura, gerente de Responsabilidade Social da Industria ASA.

Imprensa Compesa