Redes socias

Brasil Multi Vídeos

Brasil Multi Vídeos
O seu canal de entretenimento

RDS

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Eleição da Câmara de Vereadores de Belo Jardim é anulada pela justiça

Vereador Bruno Galvão, do PT, foi um dos autores da ação


Blog A Voz do Povo BJ



   Na tarde desta segunda-feira (17/12), a 1ª Vara Civil da Comarca de Belo Jardim decidiu a anulação da eleição da Mesa Diretora, ocorrida em 08 de agosto, para o biênio 2019/2020 por consequência de extinguir o processo com resolução de mérito.

   A anulação ocorreu mediante esforços do departamento jurídico do vereador Bruno Galvão (PT). “Seguimos os protocolos com o envio dos documentos para o Ministério Público que entendeu que os trâmites realizados apresentaram falhas, tornando assim ilegítima aquela eleição”, destacou Bruno.

   Apesar de caber recurso, segundo o departamento jurídico não haverá efeito suspensivo. Ou seja, o presidente em exercício deve convocar os vereadores para uma nova eleição ainda esse mês.

   São requerentes desta ação os vereadores Bruno Galvão, Euno Andrade Filho, José Anselmo da Silva, Marcos Antônio Carlos e Evandro de Souza Santos.

   O processo de número 0001185-45.2017.8.17.2260 pode ser consultado na internet.


Relembrando o caso

   Na noite do dia 08 de agosto de 2018, ocorreu de forma tumultuada a eleição para mesa diretora na Câmara de Vereadores de Belo Jardim. Durante a sessão, foi anunciado aos vereadores que aconteceria a eleição e realizado o anúncio de uma chapa apta para concorrer a eleição.

   Não concordando com o feito, o vereador Bruno Galvão (PT) juntamente com mais quatro vereadores Zé Gury Júnior (PMDB), Euno Andrade (PSDB) e Marcos Buchudo (PSB) se retiraram do plenário não participando assim da eleição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário