Redes socias

Brasil Multi Vídeos

Brasil Multi Vídeos
O seu canal de entretenimento

RDS

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Famílias rurais da Mata Norte e da Mata Sul são beneficiadas com 85 títulos de acesso à terra

   Nesta terça-feira (18/12), a equipe do Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco - Iterpe entregou às famílias que vivem da agricultura na zona da Mata Norte e da Mata Sul o total de 85 títulos de Concessão de Direito Real de Uso da Terra (CDRU). Desse quantitativo, 45 títulos foram destinados aos beneficiários do assentamento estadual Marimbondo, no município de Glória de Goitá, e 40 títulos ao emblemático assentamento Galiléia, que historicamente eclodiu o movimento das Ligas Camponesas na América Latina, o qual está localizado na área rural de Vitória de Santo Antão.

   "É a missão do Iterpe assegurar juridicamente as mulheres e os homens do campo o direito à terra, para que disponham de acesso às políticas públicas de desenvolvimento rural e à social que visam fortalecer a agricultura de base familiar e sua melhoria de qualidade de vida no campo", enfantizou o presidente do Iterpe, André Negromonte.

   A concessão dos títulos é resultado do trabalho do Iterpe, em parceria com as associações dos trabalhadores rurais as quais o público beneficiário está organizado, via reordenamento agrário das áreas de assentamentos estaduais regulamentadas com o enfoque na garantia da vida das famílias rurais na terra e o consequente incentivo à produção de alimentos. Vale ressaltar que, em 2017, o assentamento Galiléia foi contemplado com a entrega de 96 títulos de CDRU provenientes das ações ambientais e levantamento sociail realizado pelo Governo de Pernambuco. De 2015 até o momento, foram entregues mais de 12 mil títulos de acesso à terra, desse totl mais de 4 mil foram títulos de CDRU. 

   As solenidades que ocorreram nas sedes das associações contaram com as participações dos representantes das prefeituras municipais, como a prefeita de Glória do Goitá, Adriana Paes; dos movimentos sociais e dos representantes das associações dos assentamentos.


Mirthis Novaes
Assessora de Comunicação
Instituto de Terras e Reforma Agrária - Iterpe

Nenhum comentário:

Postar um comentário