Redes socias

Brasil Multi Vídeos

Brasil Multi Vídeos
O seu canal de entretenimento

RDS

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Denúncia leva Polícia Militar a prender dois homens por furto de água em Belo Jardim

Captação irregular em dois pontos da Adutora do Agreste levou a prisão em flagrante 



   Maior obra hídrica do país e que irá tirar a cidade de Belo Jardim, no Agreste, do colapso, a Adutora do Agreste tem sido alvo de ações criminosas que prejudicam a fase de pré-operação do sistema. Após a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) prestar queixa à Polícia Militar, a guarnição do Comando do 15° BPM de Belo Jardim e o efetivo da GT local flagraram nessa quarta-feira (13/02) furto de água na tubulação da adutora, que faz a transposição das águas do Rio São Francisco para a cidade, no KM 175, às margens da BR 232.

   Dois homens de 20 e 50 anos foram presos em flagrante por estarem captando água, sem autorização, em dois pontos da tubulação da Adutora do Agreste com um caminhão-pipa e uma carroça. Levando em consideração apenas a capacidade de armazenamento do caminhão, 10 mil litros de água estavam sendo subtraídos a cada captação. Não se tem estimativa sobre o período de tempo em que o crime estava sendo cometido. Os envolvidos foram conduzidos à delegacia da cidade, onde deverão responder processo por furto qualificado de água. 

  De acordo com a Compesa, o roubo de água ocorrido em alguns pontos ao longo da Adutora do Agreste. A Companhia tem fiscalizado rotineiramente a obra e informado às autoridades policiais sobre a prática para que operações de fiscalização sejam realizadas para coibir esse tipo de irregularidade, como foi o caso da ação da Operação Sossego realizada ontem em Belo Jardim, que resultou na prisão em flagrante das duas pessoas envolvidas. 



Oficina Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário