Redes socias

Brasil Multi Vídeos

Brasil Multi Vídeos
O seu canal de entretenimento

RDS

terça-feira, 28 de maio de 2019

Mais de 700 hectares de reservas legais em assentamentos estaduais foram identificados pelo Iterpe

   Durante o primeiro quadrimestre de 2019, a gestão das áreas ambientais dos assentamentos públicos estaduais, realizada pelo Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado - Iterpe, através da Unidade de Meio Ambiente (UNIMA), acompanhou áreas de reservas legais que ultrapassam 700 hectares. A área levantada corresponde ao trabalho realizado pelos engenheiros florestais do órgão em sete assentamentos.
   O levantamento foi feito em 43 reservas legais visando elaborar laudos técnicos para subsidiar ações realizadas em conjunto com as associações de agricultores familiares. “O balanço das ações ambientais, apresentadas na semana de comemoração do Meio Ambiente, contribui na regularização das famílias de agricultores que vivem em assentamentos do Estado de Pernambuco”, reforçou o presidente do Iterpe, Altair Correia.
   “O trabalho da UNIMA é coordenado pela área de gestão dos assentamentos públicos estaduais, com o objetivo de levantar laudos técnicos que subsidiam os processos de concessão da terra, além de contribuir para dissolver conflitos agrários e o acesso ao crédito para projetos produtivos, entre outras benesses”, explicou o gerente da área, Felipe Falcão.
   Acerca do Cadastro Ambiental Rural – CAR dos assentamentos, a equipe técnica está atuando no município de Bezerros. Foi desenvolvido o processamento dos dados do perímetro total do assentamento São José e está sendo realizado o levantamento das áreas de Reserva Legal e dos corpos d’água.
   Ainda visando a Regularização Ambiental e atendimento à legislação vigente, também foram finalizados os laudos técnicos do assentamento Luiza Ferreira, em Condado. Além desses, estão em andamento os trabalhos em Bruno Maranhão (Cabo de Santo Agostinho), Frescundim (Gameleira), Fortaleza (Ipojuca), Timbó (Moreno), Ximenes (Barreiros) e Eduardo Campos (Palmares).


Texto & Foto:
Mirthis Novaes
Assessora de Comunicação
Instituto de Terras e Reforma Agrária - Iterpe

Nenhum comentário:

Postar um comentário