Redes socias

Brasil Multi Vídeos

Brasil Multi Vídeos
O seu canal de entretenimento

RDS

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Garoto de 5 anos celebra aniversário com tema 'Garis' em Garanhuns

G1 Caruaru e Região


Foto: TV Asa Branca/Reprodução 
   Gabriel Monteiro, de cinco anos, tem uma admiração gigante pelo trabalho de limpeza urbana. Na casa onde mora, no bairro Aluísio Pinto, em Garanhuns, no Agreste, ele brinca com o caminhão que ganhou dos pais. Mas o menino pensa em algo maior, no sofá da sala improvisa o serviço de coleta. Com uma cadeira, ele simula a tampa da caçamba arrastando o lixo para dentro do reservatório.

   O pequeno falou um pouco de uma das experiências dele. "O caminhão parou de frente a minha casa e eu fiquei coletando lixo, depois puxei a alavanca e fui levado para dar uma voltinha", disse o menino.

   Esse mundo lúdico que Gabriel se diverte, de acordo com a mãe, é desde mais novo. "O caminhão de lixo sempre chamou muito a atenção dele, todo ano pergunto a ele que tema ele quer que faça o bolinho, sempre entre família, aí ele pediu que fosse do caminhão do lixo", disse a mãe Mariane Suame.

   O apreço pelo trabalho dos agentes de limpeza é tão grande, que no último aniversário, Gabriel teve uma festa temática. E contou com uma surpresa, a presença dos trabalhadores. A avó materna mandou uma costureira preparar uma farda igual a dos agentes para ele usar na comemoração. O garoto ficou muito feliz com a surpresa.

   O menino poderia ter sido incentivado a sonhar a ser como um médico, juiz, policial, mas a mãe preferiu que ele mesmo entendesse o valor de cada profissão. "As pessoas falam para ele ser pelo menos motorista, porque coletor é voltado ao lixo, ele diz que gosta de ser coletor mesmo", completou a mãe.

   É uma paixão inexplicável. Gabriel ouve de longe o barulho do caminhão do lixo e logo corre para a varanda e acena para os colegas. O garoto faz questão de ajudar a carregar os sacos de lixo da casa. É assim que ele tem a oportunidade de estar perto do que lhe faz bem.

   O reconhecimento de uma atividade profissional é o combustível para encarar as adversidades da rotina de trabalho, em algumas situações, até o preconceito. "Vamos levando a vida assim mesmo, é de onde a gente tira nosso sustento. Uma criança desse tamanho já reconhece nosso trabalho, ele está de parabéns", disse o coletor Adriano Caetano.

   "Admiro Gabriel pela pouca idade e já pensando no trabalho", disse o motorista do caminhão, Paulo Marinho.

   Para esses profissionais que enfrentam sol e chuva para deixar a cidade limpa, a ingenuidade de Gabriel vai além do desejo de estar com eles. Apenas cinco anos, Gabriel brinca e sonha diferente de muitas outras crianças do bairro, mas tem consciência que a contribuição dele pode mudar muita coisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário