Quase centenária e a atual líder de mercado, Chevrolet comemora 95 anos de Brasil

Foto: GM
   Há 95 anos, em 1925, a General Motors (GM) desembarcava no Brasil, mais precisamente em um galpão no bairro paulistano do Ipiranga. De lá para cá, a marca lançou diversos veículos no país, construiu fábricas, e outros complexos, e vendeu mais de 15 milhões de automóveis. 

   A montadora é dona de grandes sucessos no mercado brasileiro, como o Opala (primeiro carro nacional de passeio da Chevrolet), Chevette, Kadett, Corsa, Monza e, atualmente, o Onix. Ao completar 95 anos, a marca contará com um novo produto produzido no Brasil, além de terminar a renovação da planta de São Caetano do Sul, que faz 90 anos em agosto. 

   A principal fábrica da marca no Brasil passou por toda uma renovação nos últimos dois anos e adere ao conceito de Indústria 4.0 (com foco na ergonomia correta de execução de cada operação). A planta paulista se alinha com a de Gravataí (RS), que já havia aderido ao conceito. 

   Além delas, a GM ainda conta com outra fábrica em São José dos Campos (SP), uma unidade de produção de componentes estampados e peças em Mogi das Cruzes (SP), de motores e cabeçotes de alumínio em Joinville (SC), um centro logístico em Sorocaba (SP), o campo de provas em Indaiatuba (SP) e um centro tecnológico em São Caetano do Sul (SP).

   A renovação da planta de São Caetano do Sul também foi planejada para abrigar uma produção inédita da empresa no país. A nova geração do Tracker terá fabricação local — a atual é feita no México. Ele será o primeiro SUV compacto da GM produzido no Brasil. Segundo a montadora, o utilitário chega ainda no primeiro trimestre deste ano. 

   Em 2020, a marca dá início a um novo ciclo de investimentos no Brasil. Segundo a montadora, serão R$ 10 bilhões destinados às fábricas de São Caetano e São José dos Campos até 2024. Os recursos serão aplicados no desenvolvimento de tecnologias e na produção de veículos inéditos destinados aos mercados da América do Sul.


Diário do Poder
Tecnologia do Blogger.