UniFavip | Wyden divulga nova pesquisa sobre o valor da Cesta básica, em Caruaru

   Segundo a pesquisa mensal realizada por alunos do curso de Gestão Financeira do Centro Universitário UniFavip | Wyden, e coordenada pela professora Eliane Alves, a cesta básica em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, aumentou 3,54% no mês de dezembro de 2019, sendo a segunda alta consecutiva. De acordo com o levantamento, no último mês do ano passado, o valor da alimentação básica da Capital do Agreste passou de R$ 273,28 para R$ 282,95. 

   Foi constatado ainda na pesquisa coordenada pela professora Eliane Alves, que os itens que mais contribuíram para o aumento do valor final da cesta foram a farinha e o feijão, respectivamente. Além destes alimentos, a carne e o tomate também contribuíram com altas relevantes. Em contrapartida, leite, margarina, banana e café registraram diminuição nos preços. Os dados da pesquisa ressaltaram também que, no acumulado de 2019, a cesta básica caruaruense registrou um aumento de 10,4%. 

   De acordo com o DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), responsável pela realização mensal da Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, o valor da cesta básica, em 2019, aumentou em 16 das 17 capitais onde o departamento faz a pesquisa. Recife está entre as três cidades, onde houve um acréscimo mais expressivo: 15,63% durante o ano. A capital pernambucana fechou dezembro com o valor da cesta em R$ 393,80. Se compararmos Caruaru e Recife, a alimentação básica caruaruense continua apresentando um valor inferior, com uma diferença de R$ 110,85.


André Ráguine (Oficina Comunicação)
Tecnologia do Blogger.