Gasolina fica 8% mais barata nas refinarias a partir desta terça-feira; diesel cai 4%

SÃO PAULO – A Petrobras anunciou que reduzirá novamente os preços da gasolina e do diesel no país nesta terça-feira (21). Esse será o 11º corte na gasolina e o 10º no diesel em meio à queda das cotações internacionais do petróleo durante a pandemia do novo coronavírus.

Segundo a estatal, o preço da gasolina passará a custar R$ 0,91 nas refinarias, uma queda de 8%, na média. No acumulado do ano, a queda chega a 55%.

Já o preço do diesel será reduzido em média 4%, passando a custar R$ 1,46 por litro. A redução acumulada neste ano chega a 38%.

Os preços da gasolina e do diesel nas refinarias da Petrobras estão em seus menores valores desde 2005, segundo dados compilados pelo Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), corrigidos pela inflação do período.

O corte desta terça ainda ainda acompanha o recuo das cotações internacionais do petróleo da última terça-feira (14).

Portanto, a redução que entra em vigor nesta terça-feira ainda não reflete a derrocada que os preços do petróleo sofreram nesta segunda-feira (20). O contrato do barril de petróleo americano WTI para maio chegou a recuar mais de 300% e encerrou o dia cotado a um preço negativo pela primeira vez na história. 

A assessoria de imprensa da Petrobras informou que a estatal segue a Política do Preço de Paridade Internacional (PPI) e não comentou a respeito da queda dos preços do petróleo no mercado nesta segunda.

Rafael Schiozer, professor de finanças da FGV EAESP, lembra que para o corte de preço chegar da refinaria ao consumidor final a demora média é de três a quatro semanas.

“Talvez agora até demore um pouco mais porque o estoque está rodando mais devagar devido à quarentena. Então, o combustível que os postos ainda têm ficará disponível mais tempo que o normal porque menos pessoas estão circulando nas ruas. Assim, essa redução deve demorar cerca de cinco semanas para chegar no consumidor final de fato”, afirma.

Isso significa que nesta terça-feira o consumidor ainda não encontrará preços mais baixos nos postos que passar.

Fonte: Info Money
Tecnologia do Blogger.