Perfeito acusado de desviar água do rio São Francisco foi absolvido do processo em Salgueiro, no sertão de Pernambuco

Nesta terça-feira (09), o prefeito de Salgueiro, no Sertão do Estado, Clebel Cordeiro (MDB), teve o seu processo por furto e desvio de água da União sentenciado com trânsito em julgado. O Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) considerou excessivas as medidas cautelares impostas por o Juízo da 20ª Vara da Justiça Federal no município e determinou a devolução da fiança que foi fixada em 100 salários mínimos. Além disso, foi determinado que o recorrente não estaria obrigado a comparecer mensalmente à justiça para justificar as atividades, e informar deslocamentos.

Participaram do julgamento os Desembargadores Federais Paulo Roberto de Oliveira Lima e Frederico Wildson da Silva Dantas (convocado em substituição ao Desembargador Federal Paulo Cordeiro, em virtude de férias). Relatou o feito o  Desembargador Federal Bianor Arruda Bezerra Neto (convocado em substituição ao  Desembargador Federal Leonardo Henrique de Cavalcante Carvalho, em virtude de férias).

A assessoria Jurídica de Clebel destacou, por meio de nota, que até o presente momento não existe nenhuma ação penal contra ele e que “prevalece o princípio da presunção de inocência”.

Em dezembro de 2019, o prefeito foi preso em flagrante pela Polícia Federal por irregularidades de invasão de terras da União e furto de água da transposição do Rio São Francisco. Na época, o gestor justificou que as obras da transposição invadiram a sua propriedade.

PE Notícias
Tecnologia do Blogger.