Projeto de Wolney Queiroz define critérios e ordem de prioridade para vacinação contra a Covid-19

Profissionais de Saúde, idosos, profissionais da educação e atendentes de público encabeçam lista


Diante da impossibilidade de imunizar toda a população brasileira de uma só vez e das divergências sobre os critérios para definir os grupos prioritários para vacinar,  tão logo a vacina contra Covid-19 esteja disponível, o  líder do PDT, deputado Wolney Queiroz (PE), protocolou na Câmara Federal o Projeto de Lei 3982/20 que estabelece os procedimentos e ordem de prioridade para a imunização.

De acordo com o projeto – o primeiro a tratar sobre a vacinação contra a Covid-19 –, encabeçam a lista os profissionais de saúde e os de manutenção da ordem pública, seguidos de idosos com mais de 60 anos; pessoas com comorbidades; profissionais da educação; atendentes de público em órgãos públicos e empresas privadas; jornalistas; e, por fim, pessoas saudáveis de idade inferior a 60 anos.

Pelo texto, que altera a lei  13.979/2020,  a imunização deverá  ter início no prazo máximo de 15 dias após ser aprovada a vacina pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Ainda de acordo com a proposta, a vacina será distribuída diretamente pelo Ministério da Saúde ou por meio de Secretarias de Saúde dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. Além da distribuição, as secretarias também ficarão responsáveis por divulgar data e local de vacinação.

Veja mais detalhes do projeto no link: https://bit.ly/2Dv5Szf


Charles Jacobina
Assessoria de Comunicação do deputado Wolney Queiroz
Tecnologia do Blogger.