GILVANDRO TEM 7 PONTOS DE VANTAGEM EM BELO JARDIM

 

A pesquisa do Instituto Opinião em Belo Jardim, em parceria com este blog, aponta o candidato do DEM na frente, abrindo uma vantagem de sete pontos percentuais em relação ao segundo colocado. Se as eleições fossem hoje, Gilvandro Estrela teria 34,6% dos votos, seguido por Isabelle Mendonça, do PSB, com 26,9%. Wilsinho, do PTB, está em terceiro, com 14,9%. Já o candidato Beto de Lulão (PT) tem apenas 2,9%. Os outros dois prefeituráveis, Bernardo da Água (PRTB) e Edson (PMN), não atingiram 1% das intenções. Brancos e nulos somam 11,7% e indecisos são 9%. 

Na pesquisa espontânea, em que o entrevistado precisa lembrar o nome do candidato sem o auxílio do disco com o nome de todos os concorrentes, Gilvandro também lidera, com 25,1%, enquanto Isabelle tem 21,4%. Wilsinho foi citado por 10,9% dos eleitores e Beto de Lulão por 1,7%. Brancos e nulos chegam a 10,3% e 30,6% não souberam responder. 

No quesito rejeição, Wilsinho assume a ponta: 31,1% dos consultados disseram que não votariam no petebista de jeito nenhum. Isabella é rejeitada por 21,7% e Gilvandro Estrela por apenas 8,6%. Bernardo da Água tem rejeição de 4,3%, seguido por Beto de Lulão (3,4%) e Edson (2,9%). Entre os eleitores, 9,4% rejeitam todos e 18,6% não rejeitam nenhum. 


O levantamento do Instituto Opinião, de Campina Grande (PB), foi a campo entre os dias 19 e 20 deste mês, com a aplicação de 350 questionários. A margem de erro é de 5,2 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança de 95%. A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. 


A consulta é representativa dos eleitores da área pesquisada (o município de Belo Jardim) e foi feita da seguinte forma: primeiro na aleatorização da amostra em quatro estágios (bairro/localização, rua, domicílio e entrevistado) e depois em um controle das variáveis (sexo e faixa etária), ponderado de acordo com os dados obtidos junto ao TSE e TRE-PE. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo PE-04271/2020. 


Quando o levantamento é estratificado, os maiores índices de intenção de voto de Gilvandro estão entre os eleitores da faixa etária entre 35 e 44 anos (39,1%), entre os eleitores com grau de instrução superior (47,4%) e entre os eleitores com renda familiar acima de dois salários (36,4%). Por sexo, tem a preferência de 37,5% das mulheres e de 31,3% dos homens. 


Isabelle tem a preferência do eleitorado jovem (39,7%), do eleitorado com grau de instrução fundamental 2 (31,3%) e do eleitorado com renda de até dois salários (31%). Por sexo, 27,2% são mulheres e 26,5% são homens. 


Wilsinho, por sua vez, tem seus maiores índices de voto entre os eleitores idosos (20,3%), entre os eleitores com grau de instrução superior (21,1%) e entre os eleitores com renda familiar acima de dois salários (21,5%). Por sexo, 15,7% são homens e 14,1% são mulheres. 


AVALIAÇÃO DE GESTÃO 


O Instituto Opinião também perguntou aos entrevistados sobre o grau de satisfação com os três níveis de poder – federal, estadual e municipal. A administração do prefeito Hélio dos Terrenos (PTB) tem a reprovação recorde de 84,9% e apenas 10% de aprovação. Dos consultados, 5,1% não souberam responder. 


O governador Paulo Câmara (PSB) tem desaprovação de 41,1% e é aprovado por 39,7%, enquanto o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) possui aprovação de 51,7% e é desaprovado por 39,4% do eleitorado. 


Fonte: Blog do Magno

Tecnologia do Blogger.