Pernambuco inaugura acesso viário ao polo empresarial de Limoeiro


Para auxiliar no desenvolvimento do Agreste de Pernambuco, o governador Paulo Câmara inaugurou, nesta sexta-feira (30), a infraestrutura de acesso viário ao polo empresarial de Limoeiro e anunciou a instalação da nova sede da Lapon Indústria Farmacêutica.

Os investimentos públicos em Limoeiro chegam a R$ 7,1 milhões e foram realizados por meio da AD Diper, estatal vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (Sdec).

 O orçamento foi executado na compra do terreno de 32,2 hectares para receber o polo empresarial (R$ 3,1 milhões) e nas obras da infraestrutura viária (R$ 4 milhões), com cerca de 1,5 km de extensão, que incluíram terraplenagem, pavimentação, drenagem, proteção vegetal, sinalização, passeios e ciclovias em ambos os lados da faixa de rolamento.  

A partir de agora, as empresas poderão iniciar a construção de suas plantas no local. A Lapon Indústria Farmacêutica investirá R$ 52 milhões na construção da nova fábrica e modernização da linha de produção, com estimativa de criar 155 empregos.

A nova planta da Lapon terá uma área de cinco hectares com obras previstas para começar no segundo semestre de 2021. A unidade produz 120 tipos de medicamentos, dos quais 40 estão em linha de produção atualmente, atendendo grandes redes farmacêuticas do Nordeste e Sudeste.

“Tivemos a oportunidade de visitar um novo acesso e um novo Distrito industrial de Limoeiro. Fábricas já estão se instalando com investimentos da AD Diper e do Governo de Pernambuco. É uma oportunidade de as empresas voltarem a crescer, a se desenvolverem, a gerarem emprego diante de um período tão difícil que nós passamos”, ressaltou Paulo Câmara.

Investimentos
O governador foi ainda a Glória do Goitá e Pombos, onde estão sendo erguidos novos investimentos. 

Em Glória do Goitá,  a empresa Total Plast passará a produzir copos e potes de EPS (isopor). Os investimentos chegam a R$ 6 milhões, com a geração de 60 empregos, e a nova operação deverá ser iniciada ainda neste ano. 

A sede pernambucana foi inaugurada em 2015 e conta com uma área de 14.691 m², produzindo linhas PS (copos, pratos e tampas) e EPS (bandejas, discos, marmitex, hamburgueiras e pranchas). A empresa possui atualmente 650 funcionários em todo o Brasil, sendo 438 em Pernambuco.

Em Pombos, ficará a nova sede da OL Indústria de Papéis, empresa baiana que montará uma filial para produção de fraldas descartáveis, papel higiênico e papel toalha, com um investimento de R$ 70 milhões. A obra teve início em setembro deste ano. 

A perspectiva dos investidores é de gerar 262 empregos diretos com o Projeto Pernambuco. Sediada em Feira de Santana (BA), a matriz está em operação desde setembro de 2008 e emprega 576 trabalhadores.

Com a fábrica em Pernambuco – numa área de 4,18 hectares –, a empresa espera reduzir o custo logístico para outras praças do Nordeste, aumentando seu market share na região e direcionando a produção na unidade baiana para os mercados consumidores do Sudeste e Centro-Oeste.

O Governo de Pernambuco deve conceder, até 2032, um incentivo fiscal de crédito presumido do ICMS de até 90%, correspondente à redução do saldo devedor do imposto apurado em cada período fiscal, enquadrado nas normas de habilitação do PROIND. 

"Através da AD Diper, conseguimos identificar uma área, fazer um investimento, criar um distrito e atrair empresas para se instalarem lá. É uma região que tem empreendedores, já tem empresas que estão ampliando, outras a gente está trazendo de fora, ajudando não só Limoeiro, mas toda a região. A gente tem feito um trabalho muito focado, no caso de Pombos, todo um polo moveleiro que a gente tem aqui já com algumas indústrias instaladas e outras que estão vindo e em Glória do Goitá também. Lá tem empresas expandindo, que vieram para Pernambuco, se instalaram e deram certo”, destacou Bruno Schwambach, secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco.

Acesso viário

Tecnologia do Blogger.