Filme ambientado em Caruaru é selecionado para Festival de Roterdã


Dirigido por Renata Pinheiros, Carro Rei é um dos dois brasileiros selecionados.  (Foto: Divulgação)
Dirigido por Renata Pinheiros, Carro Rei é um dos dois brasileiros selecionados. (Foto: Divulgação)
 
O Festival de Roterdã de 2021, que será realizado entre os dias primeiro e 07 de fevereiro na cidade holandesa, divulgou a sua programação completa nesta terça-feira (22). Entre os filmes selecionados está Carro rei, novo trabalho da diretora pernambucana Renata Pinheiro (Amor, Plástico e Barulho), que se passa na cidade de Caruaru. Carro rei será distribuído comercialmente pela Boulevard Filmes e, junto com Madalena, de Madiano Marcheti, é um dos dois filmes representantes do Brasil no festival. 
 
O longa acompanha o protagonista Uno (Luciano Pedro Jr), que ganha esse nome em homenagem ao primeiro automóvel adquirido por seus pais e no qual ele nasceu a caminho da maternidade. Uno, desde criança, fala com esse mesmo carro e o considera como seu melhor amigo. Um acidente trágico separa os dois: Uno se torna um jovem ativista ambiental, enquanto o veículo é despachado para o ferro-velho do seu tio Zé Macaco (Matheus Nachtergaele), um mecânico com ideias mirabolantes. 
  
No filme, a cineasta retoma a parceria com Sergio Oliveira (Super Osquestra Arcoverdense de Ritmos Brasileiros), premiado diretor e roteirista com quem ela trabalhou desde seu primeiro curta (Superbarroco), e com quem co-dirigiu o longa Açúcar e os documentários Estradeiros e Praça Walt Disney. O roteirista Leo Pyrata também assina o texto. 
 
 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
 
Para construir a narrativa, a diretora explica que o filme foi parte de uma investigação sobre as relações entre humanos e objetos. "Carro rei é o resultado de uma investigação artística que busca construir uma relação interpessoal entre personagens inusitados, objetos inanimados e humanos, em ambientes que revelam essa complexidade", pontua.
 
No elenco, Carro eei terá Matheus Nachtergaele (Zama, Cidade de Deus, Central do Brasil); Luciano Pedro Jr, jovem ator alagoano, que faz sua estreia em longa metragem; Clara Pinheiro (O Som ao redor, A noite amarela), atriz recifense que iniciou sua carreira no cinema aos 12 anos participando de filmes relevantes para a cinematografia brasileira; Jules Elting (O ornitólogo), ator da Alemanha, que tem trabalhos também no teatro. 

Por: Diário de Pernambuco
Tecnologia do Blogger.