Belo Jardim registra aumento de 200% nos casos da Covid-19


Até esta quarta-feira (25), Belo Jardim possuía 2.288 casos confirmados e 66 mortes confirmadas em todo período da pandemia

Belo Jardim, registrou um aumento de 200% nos casos da Covid-19 em comparação entre a primeira semana de janeiro e a segunda semana de março de 2021.  O dado foi colhido de uma análise da IV Gerência Regional de Saúde (Geres) sobre a situação da Covid-19 no município.

Na cidade, os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), suspeitos de Covid-19, estão concentrados, principalmente, na faixa etária dos 30 aos 59 anos. 

Até esta quarta-feira (25), Belo Jardim possuía 2.288 casos confirmados e 66 mortes em todo período da pandemia. No fim de 2020, o registro da doença na cidade foi de 1.641 casos e 51 mortes. O aumento registrado foi contabilizado tomando como base os casos semanais, dentro das semanas epidemiológicas. 

“Os dados assustam, pois representam um aumento de 200% de casos em nosso município. Estamos fazendo a nossa parte, como gestão e como profissionais de saúde, mas nada disso adiantará se a população também não fizer a parte dela. A Covid é uma doença que evolui muito rápido e de forma surpreendente. Ninguém pode precisar como ela vai reagir no organismo. Então, a melhor escolha sempre será não entrar para as estatísticas”, desabafou a secretária de Saúde de Belo Jardim, Aline Cordeiro.

A análise da IV Geres mostra ainda que não há casos confirmados de SRAG entre as pessoas acima de 80 anos há quatro semanas, o que já pode ser o reflexo da imunização contra a Covid-19, que começou no fiml de janeiro. Na cidade, 4.125 doses foram aplicadas nas pessoas do grupo prioritário da vacinação.

De acordo com o órgão estadual, o município segue a tendência nacional, com pessoas cada vez mais jovens sendo mais afetadas nas últimas semanas. Para a secretária Aline Cordeiro, o momento é de manter o isolamento e cuidados reforçados. "Batemos sempre na mesma tecla: a pandemia não acabou. É preciso se cuidar e cuidar das pessoas que você ama. Quem já teve Covid também deve se prevenir, pois pode se reinfectar, inclusive, com muito mais frequência atualmente", reforçou.

Folha PE

Tecnologia do Blogger.