“Bolsonaro é o presidente que mais investiu dinheiro na história, para combater a pandemia e para o auxílio emergencial”, afirma Ministro do Turismo


Direto de Brasília – O ministro do Turismo, Gílson Neto, anunciou com exclusividade ao Blog do Alberes Xavier, a vinda do ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes, para o início das obras de conclusão da duplicação da Br-104. “Esse governo (Bolsonaro) veio para resolver, o ministro Tarcísio é um homem de palavra, ele assumiu esse compromisso”, disse. “Antigamente a turma botava uma máquina para iludir o povo, a gente não é disso. Nós começamos e terminamos”.

Com os recursos enviados pelo governo federal para os estados e municípios, Gílson assegurou que o dinheiro para a obra será alocado ainda esse ano. “Sabemos que todo o dinheiro do Brasil está indo para os governos estaduais e municipais para combater a pandemia”, falou. “Bolsonaro é o presidente que mais investiu dinheiro na história, para combater a pandemia e para o auxílio emergencial”, afirmou.

Gílson comemorou a conquista de uma agência da Caixa Econômica Federal no Arquipélago de Fernando de Noronha, e a garantia da permanência de uma agência do Banco do Brasil no município de Porto de Galinhas. “Temos lutado para que as coisas aconteçam”, frisou.

O Ministro falou da sua agenda pelo Brasil, das inaugurações e entregas de obras pelo Presidente Bolsonaro no Nordeste, e do potencial do turismo em municípios de Pernambuco. “Nunca houve um presidente que desse tanto apoio ao Nordeste”. Ele criticou a falta de publicidade da “grande mídia”. “São obras que não conseguimos mostrar, por que escolhemos trabalhar para população. Infelizmente sofremos com parte da grande mídia porque estamos trabalhando. Preferimos pagar para priorizar a otimização de obras (...), do que pagar para a imprensa fala bem da gente”, pontuou.

O Ministro destacou a capacidade e as potencialidades turísticas encontradas em municípios do interior de Pernambuco, a exemplo de Gravatá e Surubim. Frisou que Gravatá está no “radar” do ministério do Turismo. “Vamos sim, lutar, porque cada real investido em Gravatá no turismo, eu sei que ele volta para economia (multiplicado) em mais de vinte vezes”, revelou.

Sobre as eleições em 2022 Gílson Neto foi enfático em afirmar que cumpre uma missão pelo Brasil. “Eu tenho uma missão de recuperar o turismo brasileiro numa época de pandemia como essa. O presidente (Bolsonaro) pode contar comigo, o pernambucano pode contar comigo”, salientou.

Por Alberes Xavier

Tecnologia do Blogger.