EM ENTREVISTA, LUCIANA SANTOS DIZ QUE BOLSONORO É ALIADO DA PANDEMIA


Em entrevista ao Blog do Alberes Xavier, a vice-governadora de Pernambuco e presidente nacional do (PCdoB) Luciana Santos, fez uma análise das ações de Paulo Câmara (PSB) no combate a pandemia, disse que Bolsonaro (sem partido) é aliado da Covid-19, relata seu encontro com o ex-presidente Lula (PT) e diz que está preparada para assumir o Governo de Pernambuco.

Sobre a pandemia, Luciana Santos contou que o Presidente Bolsonaro não tem atuado como um verdadeiro chefe de estado. “Enquanto no Estados Unidos são investidos 2 trilhões de dólares para salvar vidas e retornar a economia do país, o Brasil vive na contramão, somos o epicentro de óbitos no mundo, temos na figura do presidente um aliado do Coronavírus, ele se comporta como tal. Nos sentimos órfãos de uma coordenação para superar essa crise de saúde pública, virar essa página com a vacina e retornar a economia plenamente”, frisou a vice-governadora. 

“Enquanto Bolsonaro ia nas domingueiras fazer visitas nos mercados e padarias, nós nos reuníamos para adotar medidas importantes como adquirir mais respiradores. Hoje realizamos um balanço semanal para tomar decisões, porém, não fazemos isso sozinhos, recebemos várias cadeias produtivas e de serviços, nosso intuito é reduzir danos. Estamos aumentando os números de leitos estaduais, buscamos por mais vacinas e trabalhamos em políticas de distanciamentos sociais”, pontou a comunista.

Na ocasião, Luciana falou como foi sua conversa com o ex-presidente Lula. “Lula está muito centrado, não coloca sua candidatura a todo custo, está preocupado em derrotar essa agenda nefasta que vive o Brasil. Está sensível com a escassez de vacinas, ligou para Joe Biden, Presidente dos Estados Unidos, coisa que o presidente brasileiro poderia está fazendo. O que Bolsonaro faz é briga com a China que é o nosso maior comprador, isso compromete os negócios do país. Lula tem boas atitudes, conversa com forças políticas, tem procurado estabilidade política para a nação e diz que só depois é que a gente deve discutir candidaturas”, disse Santos.

“Pelo tempo vivido e acumulado na política, não tenho preocupação em enfrentar a administração do estado, estou pronta para jogar em qualquer posição, porém, isso vai depender da construção política em Pernambuco. Temos que olhar isso como um conjunto, para sabermos a posição que cada um vai jogar, tenho tranquilidade para enfrentar aquilo que for melhor para todos”, destacou a vice-governadora. 

Na oportunidade, Luciana Santo também falou sobre política de geração de emprego e renda, distribuição de alimentos para as pessoas em situação de rua, disse que Pernambuco está entre os melhores índices da educação no país e que tem atraído investimentos, além de ser um dos estados que mais investem em saúde neste período de pandemia.

Por Alberes Xavier

Tecnologia do Blogger.