Grupo de Estudos do Imaginário Ficcional representa a Fafica na II Semana de Letras da UFPB em João Pessoa

Enviado por: Jornalismo Oficina Comunicação



Manuel Álvaro, Morgana Araújo, Laura Fernanda e
Ronilson Rodrigues na II Semana de Letras da UFPB

   A Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru, Fafica, está representada num dos principais eventos da Universidade Federal da Paraíba, a II Semana de Letras, que segue até sexta-feira, dia 11 de dezembro, no Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes da UFPB.

   Alunos do Curso de Letras da Fafica tiveram trabalhos aprovados no evento: Manuel Álvaro e Ronilson Rodrigues são do 6º período; Morgana Araújo e Laura Fernanda, do 8º Período. Eles fazem parte do Grupo de Estudos do Imaginário Ficcional, coordenado pelo professor Msc. Adriano Ricardo. É a segunda vez que o grupo consegue aprovação de trabalhos na Semana de Letras da UFPB.

   “O Grupo surgiu na Fafica em 2013 e tem como propósito desenvolver estudos literários voltados para a crítica e o ensino de Literatura no Ensino Médio”, explica Adriano Ricardo, que também é coordenador do Curso de Letras da Instituição.

Os trabalhos selecionados são:



  •  As Implicações da Tecnologia dentro do Ensino de Língua Portuguesa: das Semioses ao Leitor Multimodal (Manuel Álvaro)


  •  A Lei dos 4: A Construção do Imaginário Ficcional da Personagem Teddy Daniels na Obra “Paciente 67”, de Dennis Lehane (Ronilson Rodrigues)


  •  A Construção da Figura Fantasmagórica sobre a Influência do Imaginário Coletivo em “Presença de Anita” e “O Impenitente” (Morgana Araújo)


  •  A Riqueza da Poesia Popular: A Poesia Popular a partir da Visão da Criança (Morgana Araújo)


  •  Do Individual à Ficcionalização: Influências do Imaginário no Gênero Fantástico (Laura Fernanda)


  •  A História da Estória: O Inconsciente no Conte de Fadas (Laura Fernanda)

   A II Semana de Letras da UFPB tem por objetivo reunir docentes e licenciandos dos Cursos de Letras (Português, Espanhol, Inglês, Francês, LIBRAS e Clássicas), de Tradução e dos da área da Educação, com vistas a promover um diálogo interdisciplinar acerca das práticas docentes e das teorias que as envolvem. Este ano, o homenageado é o professor e o poeta paraibano Sérgio de Castro Pinto.





Tecnologia do Blogger.