Protesto contra aumento de tarifas em SP termina em confronto


Do G1 SP





   O protesto contra o aumento da tarifa do transporte público, em São Paulo, terminou em confronto entre mascarados e policiais militares na noite de ontem sexta-feira (08/01). Houve vandalismo em ruas do Centro e muitas bombas foram lançadas pela PM. Convocado pelo Movimento Passe Livre (MPL), o ato começou pacífico na Praça Ramos de Azevedo, em frente ao Theatro Municipal, e seguiu por ruas da região.

   A Secretaria da Segurança Pública diz que 17 pessoas foram detidas. Um artefato explosivo foi encontrado com um dos presos, segundo a polícia. Três PMs ficaram feridos por pedras atiradas no confronto. Três agências bancárias foram danificadas. Um carro da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), um da SPTrans e dois da PM acabaram depredados.
Tecnologia do Blogger.