Redes socias

Brasil Multi Vídeos

Brasil Multi Vídeos
O seu canal de entretenimento

RDS

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Sétima edição do Circuito do Café de Pernambuco reúne diversidade de sabores com participação de 12 cafeterias

“História com Gosto de Café” é o tema da próxima edição do evento que é realizado pela Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic) com o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae)


Fernanda Carvalho (Jornalismo Oficina Comunicação)


   De acordo com a Associação Brasileira da Indústria do Café (Abic), em 2018, o consumo da bebida, que é a mais apreciada no País, deve crescer 3,6 por cento. O mercado tem explorado esse potencial com produtos, ações e eventos voltados para atender ao público que não dispensa um cafezinho. O Circuito do Café de Pernambuco é um deles. O evento traz novidades para a próxima edição, que é sétima da iniciativa: a ampliação do número de cafeterias e do período que a rota gastronômica irá movimentar a cidade.

   12 cafeterias participam desta edição: Doce Casa, Café.Com, Chocolates Brasil Cacau, Dedim de Prosa, Delicatto, Delta Expresso, Bule de Barro, Luiz Lua Gonzaga, João Doutor, Maria José, Empório Salatta e Valete. Este ano, o Circuito irá homenagear o historiador caruaruense Walmiré Dimeron nos cafés astros por meio de 12 fatos históricos escolhidos por ele: “Irmãos Condé”, “Alto do Moura”, “Banda de Pífanos”, “País de Caruaru”, “Feira de Caruaru”, “Mestre Vitalino”, “Bacamarteiros de Caruaru”, “Terra de Caruaru”,  “Morro Bom Jesus”, “Nelson Barbalho” , “Casa de Cultura José Condé” e “Festa do Comércio”.

   “O homenageado foi fácil de escolher, pois o Circuito do Café sempre teve como proposta relacionar café com cultura. E falar de cultura na cidade e não citar o nome de Walmiré Dimeron, realmente, não faz sentido. Foi uma escolha unânime, ele é uma referência para todos os envolvidos”, destaca o coordenador da Câmara Setorial da Gastronomia da Acic, Silvio César. O historiador percorrerá as cafeterias contemplando o público que está apreciando os cafés astro com um bate-papo sobre o fato histórico escolhido por cada marca participante, em uma imersão pela cultura caruaruense com os sabores do café.

   A abertura do evento acontece no dia 13 de setembro, na Alameda Caruaru, às 19h25, e será aberta ao público. Em um formato diferenciado das outras edições, a programação da abertura contará, além da apresentação das receitas dos cafés astros pelas cafeterias, com apresentações artísticas de expressões da cultura nordestina e uma palestra do fundador da CoffeeLook, escritório de projetos que orienta e desenvolve soluções estratégicas em gestão de marcas, Renato Falci. O gestor e empreendedor irá dialogar sobre “A Terceira Onda do Café”, movimento associado ao desejo do consumidor por produtos de maior qualidade, referências de origem, integração com o produtor, engajamento com questões ligadas à sustentabilidade e pelos valores da experiência de consumo.

   As cafeterias estarão devidamente sinalizadas para receber o público de Caruaru e região. O consumidor deve visitar os estabelecimentos inscritos para receber o cartão fidelidade. Após 12 carimbos, ou seja, após ter visitado as 12 participantes, será premiado com uma caneca personalizada com temas da cultura caruaruense que inspiram os cafés astros. “A caneca já se tornou um artigo de coleção. As pessoas ficam aguardando a versão do ano. Daremos a caneca e também iremos sortear outro prêmio surpresa entre as pessoas que completarem o circuito. O ano passado, presenteamos com uma viagem”, explica Silvio César.

   A expectativa, segundo a organização do evento, é de que a sétima edição do Circuito do Café de Pernambuco aumente o movimento das cafeterias da cidade de 15 a 20 por cento. “O projeto está na sua sétima edição e se consolidou como uma vitrine para as cafeterias de Caruaru. Então, desde a primeira edição, todos que participam percebem um aumento de demanda em seus negócios, inclusive, alguns comparam o movimento do período do evento aos melhores meses do ano, que são o São João e as festas de fim de ano. O trabalho interno com os estabelecimentos participantes também é um diferencial, pois as cafeterias recebem consultorias, o que é muito importante para fortalecer o segmento na região”, finaliza o coordenador da Câmara da Gastronomia da Acic, Silvio César.

Nenhum comentário:

Postar um comentário