Se eu não comprar alimentos com o auxílio emergencial, serei obrigado a devolver o dinheiro?

Veja como acontecerá o atendimento da Caixa Econômica Federal a ...
Muita gente tem procurado saber se o dinheiro seja de R$ 1.200,00 ou de R$ 600,00 do auxílio emergencial só pode ser gasto com gêneros alimentícios ou se pode ser usado para outras finalidades. Surgiu uma conversa de que caso o dinheiro seja utilizado para comprar móveis, fazer alguma reforma na casa, comprar roupas, etc. o dinheiro seria cortado assim que o governo federal tomasse conhecimento.

O nosso Blog procurou saber se isso é fato ou é fake. 

"O que é indicado, é que a população que utilize o auxílio emergencial para suprir às necessidades de sua família, em especial na parte alimentícia". No entanto é totalmente Fake a informação de que, utilizando o auxílio emergencial em qualquer finalidade que não seja alimentação o dinheiro venha a ser cortado, ou exigido sua devolução.

"Ninguém sabe qual a necessidade do cidadão. Muitas pessoas tem outras necessidades que não é necessariamente alimentícia. Mas é uma necessidade. Seja uma pequena reforma, algum móvel ou eletrodoméstico. O governo não irá fiscalizar isso não" disse uma fonte ligada ao Ministério da Cidadania. "O que será revisto são pagamentos de pessoas que não estão no perfil e foram beneficiados. Estes, terão o dinheiro cortado".

O cidadão que receber o auxílio emergencial no valor de R$600 poderá utilizar a quantia recebida para comprar itens, principalmente os de necessidades básicas (alimentos, higiene pessoal, itens de casa, material de limpeza). Algumas redes de supermercados lançaram uma nova plataforma de pagamento para permitir que o trabalhador brasileiro utilize o auxílio emergencial.

Fonte: blogdosilvinhosilva
Tecnologia do Blogger.