De volta ao PT, João Paulo entra na briga por vaga na majoritária


Confirmado seu retorno ao PT, depois de conversa com o ex-presidente Lula, o deputado estadual João Paulo entra, de fato, na briga para ocupar um espaço na majoritária de 2022. Seja qual for o caminho a ser trilhado pelo partido, o ex-prefeito do Recife, mesmo depois de votações pífias em 2020 e 2018, acabou tendo seu nome ventilado por falta de opções competitivas dentro do PT. Resta saber se o parlamentar será bem aceito na volta à legenda onde sempre teve duros embates, apesar do protagonismo de outrora.

O plano A de Lula é refazer a aliança com o PSB e indicar um petista para a vaga do Senado na chapa a ser encabeçada pelo secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Júlio. O ex-presidente tem uma preferência: a deputada federal Marília Arraes, que, entretanto, tem resistido a subir no mesmo palanque no que PSB. Os atritos da última eleição para a Prefeitura do Recife ainda não estão superados pela neta de Arraes.

É nessa brecha que entra João Paulo. Com Marília fora do jogo (caso isso aconteça), não há mais ninguém dentro do PT com potencial para eleger-se senador, o que faria a indicação cair no colo do ex-prefeito do Recife. João Paulo ainda poderia, muito bem, compor uma vice da Frente Popular, se fosse o caso. Na disputa por essa vaga, ele enfrentaria o ex-secretário de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco, Dilson Peixoto, homem de confiança do senador Humberto Costa.

Pesa contra João Paulo votações irrelevantes nas duas últimas eleições que disputou. Ano passado, ele tentou, sem sucesso, eleger-se prefeito de Olinda. Acabou sendo derrotado pelo atual gestor da cidade, Professor Lupércio, que obteve, justamente contra o concorrente, a maior vitória proporcional da Região Metropolitana. Em 2018, tido como puxador de votos para a Assembleia Legislativa, João Paulo acabou a corrida com apenas 29 mil e 442 votos, entrando no final da fila.

CONFLITO – O PT sempre teve um ambiente de muito conflito interno entre as suas lideranças. Em Pernambuco, o caso clássico é a briga de Humberto Costa contra João Paulo, que impediu a legenda de conquistar mais espaços políticos do que ganhou nesses cerca de 40 anos de existência. Adicione a isso o fator Marília Arraes. Com o retorno do ex-prefeito do Recife, quem será a principal liderança da sigla no estado. Continua Humberto? Ou será João Paulo? E Marília? Muitas perguntas que só serão respondidas com o tempo.

CENTRAL DE OPORTUNIDADES – Em alusão ao dia do trabalhador, o governador Paulo Câmara, a prefeita Camila Machado e o deputado federal Eduardo da Fonte inauguraram, por meio de videoconferência, na tarde do sábado (1º), a nova Central de Oportunidades de Sirinhaém, que visa ampliar o atendimento ao cidadão, com serviços que geram comodidade, fortalecimento da empregabilidade e do empreendedorismo. A unidade contará com serviços da Agência do Trabalho, Expresso Empreendedor, Agência do Empreendedorismo (AGE) e Junta Comercial de Pernambuco. A Central de Oportunidade de Pernambuco está localizada na Rua Marquês de Olinda, 160, no centro de Sirinhaém.

SINDICALISTA DE DIREITA – A extensa fauna política brasileira ganhou mais uma espécie. Em manifestação no sábado 1º, o deputado estadual Joel da Harpa se autointitulou um “sindicalista de Direita”. “O sindicalismo, a representação dos interesses dos trabalhadores, e luta em prol da valorização profissional não pode estar condicionada a questões ideológicas”, afirmou. O parlamentar endossou que o seu mandato na Assembleia Legislativa está à disposição de todos os trabalhadores de quaisquer áreas, por melhorias, buscando fortalecer os que são a mola propulsora que impulsiona a economia e desenvolve o estado.

ATO – A exemplo do que foi feito em outros estados da federação, simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro realizaram, ontem, no Recife, um carreata em apoio ao ex-capitão e contra as medidas de restrição para conter a pandemia da Covid-19. Pasmem! Houve congestionamento e “buzinaço” na Avenida Boa Viagem, na Zona Sul da cidade. No local, foi possível ver alguns carros circulando com bandeiras do Brasil. A foto de uma mulher de biquíni pintada de verde e amarelo em cima de um veículo ganhou as manchetes em todo o país. Motociclistas também participaram do ato e alguns deles também levavam bandeiras nas cores verde e amarelo.

RECONCILIAÇÃO – Ao que parece, a reconciliação do PDT com o Túlio Gadelha ainda está a se desenvolver, com a eliminação de Gilberto (Gil do Vigor), pernambucano, do BBB, reality que Túlio costuma comentar sempre nas redes sociais, o deputado comparou Gilberto e Juliette com Lula e Ciro, dizendo que o Nordeste e a Esquerda nunca se unem.

O povo quer saber: como fica o balaio de gato que é o PT com a volta de João Paulo?

Por Fernanda Maria, Cientista Política.

Tecnologia do Blogger.