Atriz Chica Xavier morre no Rio de Janeiro aos 88 anos

Qualifique Já


Correio 24 horas
Morreu, neste sábado (8), no Rio de Janeiro, a atriz Chica Xavier. Ela tinha 88 anos de idade e marcou presença no cinema, no teatro e na televisão brasileira como uma das primeiras atrizes negras a desempenhar papéis marcantes.

Chica morreu em decorrência de um câncer de pulmão, descoberto já em estágio avançado. As informações foram divulgadas em nota, pela assessoria da Rede Globo.

“Uma precursora, símbolo de gerações de atrizes e atores negros, de representatividade, que trazia em cada cena ou fala traços latentes de baianidade. Nunca negou a origem. Um sorriso inconfundível, que bastava ser visto uma vez para não mais esquecer”, disse a emissora.

Baiana, Chica Xavier mudou-se para o Rio de Janeiro em 1953, aos 21 anos. Foi casada por 64 anos com o também ator Clementino Kelé. Em 1956 encenaram a primeira peça de suas carreiras, Orfeu da Conceição, de Vinícius de Moraes.

No cinema, estreou em 1962, no filme Assalto ao Trem Pagador, dirigido por Roberto Farias. 

Participou de inúmeras novelas na TV Globo. A primeira delas foi Os Ossos do Barão, quando interpretou a personagem Rosa, em 1973.

Desde então, foram mais de 50 personagens só na televisão, como a Bá, de Sinhá Moça; Inácia, de Renascer, e a mãe-de-santo Magé Bassã, da minissérie Tenda dos Milagres. 

Esteve presente em outras novelas, como Pátria Minha, Cara & Coroa, Rei do Gado, Força de um Desejo. O trabalho mais recente na emissora foi na novela Cheias de Charme, em 2012.

Em 2010, recebeu o Troféu Palmares concedido pelo extinto Ministério da Cultura, pelo trabalho de preservação e incentivo à cultura afro-brasileira. 

Na quarta-feira (5), ela deu entrada em um hospital na zona oeste do Rio, com um quadro de desconforto respiratório contínuo.
Tecnologia do Blogger.