Redes socias

Brasil Multi Vídeos

Brasil Multi Vídeos
O seu canal de entretenimento

RDS

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Dilma tem 37%, Marina, 30%, e Aécio, 17%, mostra pesquisa Datafolha


Pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pela Folha de S. Paulo e publicada na edição desta sexta-feira (19/9) do jornal.


Do G1.


   Vamos ver a pesquisa Datafolha de intenção de voto para presidente, encomendada pela TV Globo e pela Folha de S. Paulo e publicada na edição desta sexta-feira (19/9) do jornal.

   No levantamento de primeiro turno, Dilma Rousseff, do PT, abriu a vantagem sobre Marina Silva, do PSB. Os três pontos da pesquisa anterior agora são sete. Aécio Neves, do PSDB, oscilou positivamente dois pontos.

   Na simulação de segundo turno, a vantagem de Marina sobre Dilma passou de quatro pontos para dois e as duas permanecem tecnicamente empatadas.

   O nível de confiança da pesquisa Datafolha é de 95%. Isso significa que se forem realizados cem levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro prevista - que é de dois pontos para mais ou para menos. Vamos aos números da pesquisa de primeiro turno.

   Dilma Rousseff, do PT, tinha 36%. Depois, 34%; 35%; 36%. Agora, Dilma está com 37%. Com a margem de erro, tem de 35% a 39%.

   Marina Silva, do PSB, tinha 21%. O índice subiu para 34%. Se manteve em 34%. Foi para 33%. Agora, Marina está com 30%. Com a margem de erro, tem de 28% a 32%.

   Aécio Neves, do PSDB, tinha 20%. Depois, o índice caiu para 15%. Passou para 14%. Foi para 15%. Agora, Aécio está com 17%.  Com a margem de erro, tem de 15% a 19%.

   Votos brancos e nulos somavam 8%. Depois, 7%; 6%; 6%, de novo. E agora, 6% novamente. Os que não souberam ou não responderam eram 9%. E depois, 7%; 7% novamente, 7%, mais uma vez. E agora, 7% de novo.

   Pastor Everaldo, do PSC, Eduardo Jorge, do PV, e Luciana Genro, do PSOL, tiveram 1%, cada.
   Zé Maria, do PSTU, Levy Fidelix, do PRTB, Mauro Iasi, do PCB, Rui Costa Pimenta, do PCO e Eymael, do PSDC, não atingiram 1%.

   O Datafolha realizou três simulações de segundo turno.

   Considerando um segundo turno entre Marina Silva e Dilma Rousseff, Marina tinha 47%; 50%; 48%; 47%. E agora, está com 46%. Com a margem de erro, tem de 44% a 48%.

   Dilma aparecia com 43%; 40%; 41%; 43%. E agora, está com 44%. Com a margem de erro, tem de 42% a 46%.

   Dilma e Marina estão, portanto, empatadas tecnicamente, dentro da margem de erro.

   Votos brancos e nulos somavam 6%; 7%; 6%; 6% de novo. E agora, 7%. Os que não souberam ou não responderam eram 4%; 3%; 5%; 4%. E agora, são 3%.

   Numa possível disputa entre Dilma Rousseff e Aécio Neves, Dilma tinha 47%; 48%; 49%; 49% de novo. Agora, está com 49% mais uma vez. Com margem de erro, tem de 47% a 51%.

   Aécio aparecia com 39%; 40%; 38%; 38% de novo. Agora, está com 39%. Com margem de erro, tem de 37% a 41%.

   Votos brancos e nulos somavam 9%; 9% de novo; 10%; 9%. E agora, 8%. Os que não souberam ou não responderam eram 5%; 4%; 4% de novo; 4% mais uma vez. E agora, são 4% novamente.

   Numa possível disputa entre Marina Silva e Aécio Neves, Marina tinha 56% na pesquisa divulgada no início do mês - a primeira do Datafolha a incluir esse cenário. Ela passou para 54%. E agora, o índice caiu para 49%. Com a margem de erro, Marina tem de 47% a 51%.
Aécio tinha 28%; 30%; Agora, o índice subiu para 35%. Com a margem de erro, Aécio tem de 33% a 37%.

   Votos brancos e nulos, somavam 10%; 10% de novo; Agora, somam 11%. Os que não souberam ou não responderam eram 6%; 5%. Agora, são 5% de novo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário